Programa de Gestão Financeira Controle de Contas a Pagar e a Receber com Cadastro de Clientes e FornecedoresSoftware de Gestão Financeira com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - Inclui cadastro de clientes, fornecedores e ticket de atendimento
Diga adeus às planilhas do Excel e tenha 100% de controle sobre suas contas a pagar e a receber, gestão de receitas e despesas, cadastro de clientes e fornecedores com fotos e histórico de atendimentos. Código fonte completo e funcional, com instruções para instalação e configuração do banco de dados MySQL. Fácil de modificar e adicionar novas funcionalidades. Clique aqui e saiba mais
Lista de Exercícios Resolvidos: Java | Python | VisuAlg | Portugol | C | C# | VB.NET | C++
Python ::: Dicas & Truques ::: Data e Hora

Datas e horas em Python - Como obter a hora como um decimal no intervalo 00-12 (formato 12 horas)

Quantidade de visualizações: 7132 vezes
Este exemplo mostra como obter a hora como um decimal no intervalo 00-12 (formato 12 horas) usando o método strftime() da classe datetime com o sinalizador "%I".

Veja o código completo para a dica:

from datetime import datetime

def main():
  # Obtém um datetime da data e hora atual
  hoje = datetime.today()
 
  # Exibe a hora atual como um decimal
  print(hoje.strftime("A hora é: %I"))

if __name__== "__main__":
  main()

Ao executar este código Python nós teremos o seguinte resultado:

A hora é: 10


PHP ::: Dicas & Truques ::: Arquivos e Diretórios

Arquivos e diretórios em PHP - Como montar uma árvore de arquivos e diretórios recursivamente

Quantidade de visualizações: 15953 vezes
Este exemplo mostra como listar todo o conteúdo de um diretório recursivamente em forma de árvore. Note que usei um objeto da classe RecursiveDirectoryIterator da linguagem PHP para facilitar nosso trabalho.

Veja o código completo para o exemplo:

<html>
<head>
<title>Estudando PHP</title>
</head>
<body>
 
<?php
  // nome e local do diretório
  $dir = $_SERVER["DOCUMENT_ROOT"] . "/escola/app";
 
  // função recursiva que lista o diretório atual
  function montarArvore($it){ 
    echo '<ul>';
    for(; $it->valid(); $it->next()){ 
      if($it->isDir() && !$it->isDot()) { 
        printf('<li>%s</li>', $it->current()); 
        
        if($it->hasChildren()) { 
          $filho = $it->getChildren(); 
          echo '<ul>' . montarArvore($filho) . '</ul>'; 
        } 
      } 
      elseif($it->isFile()) { 
        echo '<li>'. $it->current() . '</li>'; 
      } 
    } 
   
    echo '</ul>'; 
  } 
 
  // faz a primeira chamada à função recursiva
  montarArvore(new RecursiveDirectoryIterator($dir));
?>

</body>
</html>



PHP ::: Dicas & Truques ::: Data e Hora

Datas e horas em PHP - Como obter o fuso horário em segundos

Quantidade de visualizações: 8133 vezes
Nesta dica veremos como usar date("Z") para retornar o fuso horário da nossa localidade em PHP. Lembre-se de que a função date() com o parâmetro "Z" retorna o fuso horário em segundos. Este valor reflete a diferença em segundos que estamos do Tempo Universal Coordenado (Coordinated Universal Time - UTC), também conhecido como tempo civil, e é o fuso horário de referência a partir do qual se calculam todas as outras zonas horárias do mundo.

Veja o código PHP completo para o exemplo:

<html>
<head>
<title>Estudando PHP</title>
</head>
<body>
 
<?php
  $fuso_segundos = date("Z");
  $horas = ($fuso_segundos / 60) / 60;
  echo "O fuso horário em segundos é " .
    $fuso_segundos . " (" . $horas . " horas)";
?>
  
</body>
</html>

Ao executar este código nós teremos o seguinte resultado:

O fuso horário em segundos é 7200 (2 horas)


C ::: Dicas & Truques ::: Ponteiros, Referências e Memória

Como alocar memória dinâmica em C usando a função malloc()

Quantidade de visualizações: 28644 vezes
A função malloc() é usada em C para alocarmos um bloco de memória. Esta função recebe a quantidade de bytes a serem alocados e retorna um ponteiro do tipo void (genérico) para o início do bloco de memória obtido. Veja sua assinatura:

void *malloc(size_t size);

Se a memória não puder se alocada, um ponteiro nulo (NULL) será retornado.

É importante se lembrar de alguns conceitos antes de usar esta função. Suponhamos que você queira alocar memória para um inteiro. Você poderia ter algo assim:

// aloca memória para um int
ponteiro = malloc(4);

Embora este código esteja correto, não é um boa idéia assumir que um inteiro terá sempre 4 bytes. Desta forma, é melhor usar o operador sizeof() para obter a quantidade de bytes em um inteiro em uma determinada arquitetura. Veja:

// aloca memória para um int
ponteiro = malloc(sizeof(int));

Eis o código completo para um aplicativo C que mostra como alocar memória para um inteiro e depois atribuir e obter o valor armazenado no bloco de memória alocado:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

int main(int argc, char *argv[])
{
  // ponteiro para uma variável do tipo inteiro
  int *ponteiro;

  // aloca memória para um int
  ponteiro = malloc(sizeof(int));

  // testa se a memória foi alocada com sucesso
  if(ponteiro)
    printf("Memoria alocada com sucesso.\n");
  else
    printf("Nao foi possivel alocar a memoria.\n");

  // atribui valor à memória alocada
  *ponteiro = 45;

  // obtém o valor atribuído
  printf("Valor: %d\n\n", *ponteiro);

  // libera a memória
  free(ponteiro);

  system("PAUSE");
  return 0;
}

Uma aplicação interessante da função malloc() é quando precisamos construir uma matriz dinâmica. Veja como isso é feito no código abaixo:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

int main(int argc, char *argv[])
{
  int i;

  // quantidade de elementos na matriz
  int quant = 10;

  // ponteiro para o bloco de memória
  int *ponteiro;

  // aloca memória para uma matriz de inteiros
  ponteiro = malloc(quant * sizeof(int));

  // testa se a memória foi alocada com sucesso
  if(ponteiro)
    printf("Memoria alocada com sucesso.\n");
  else{
    printf("Nao foi possivel alocar a memoria.\n");
    exit(1);
  }

  // atribui valores aos elementos do array
  for(i = 0; i < quant; i++){
    ponteiro[i] = i * 2;
  }

  // exibe os valores
  for(i = 0; i < quant; i++){
    printf("%d  ", ponteiro[i]);
  }

  // libera a memória
  free(ponteiro);

  printf("\n\n");
  system("PAUSE");
  return 0;
}



Delphi ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como verificar se uma substring está contida no início de uma string em Delphi usando a função AnsiStartsStr()

Quantidade de visualizações: 12160 vezes
Em algumas situações precisamos verificar se uma substring está contida no início de uma string, ou seja, se a string começa com um determinado prefixo. Em Delphi isso pode ser feito com o auxílio da função AnsiStartsStr(). Esta função requer a substring a ser pesquisada e a string alvo da pesquisa. O retorno será true se a substring estiver contida no início da string. Do contrário o retorno será false. Veja o exemplo:

procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
var
  frase: string;
begin
  frase := 'Gosto muito de Delphi e Java';

  // vamos verificar se a string começa com "Gosto"
  if AnsiStartsStr('Gosto', frase) then
    ShowMessage('A frase começa com a substring indicada')
  else
    ShowMessage('A frase NÃO começa com a substring indicada')
end;

Lembre-se de que esta função diferencia maiúsculas e minúsculas.

Não se esqueça de adicionar a unit StrUtils no uses do seu formulário.

Para questões de compatibilidade, esta dica foi escrita usando Delphi 2009.


Ruby ::: Fundamentos da Linguagem ::: Métodos, Procedimentos e Funções

Como criar métodos que aceitam um número variável de argumentos em Ruby

Quantidade de visualizações: 7648 vezes
Como criar uma função que aceita um número variável de argumentos em Ruby

É muito fácil criar métodos que aceitam um número variável de argumentos na linguagem Ruby. Tudo que temos que fazer é fornecer um parâmetro antecedido por um asterisco. Se mais parâmetros forem fornecidos, aquele que contém o asterisco deverá vir no final da lista. Veja um exemplo:

# Um método que aceita um número variável de
# argumentos
def somar(*args)
   total = 0
   
   args.each do | arg |
      total = total + arg
   end
    
   return total 
end
 
# Usa o método com 3 argumentos
puts(somar(3, 4, 2))

# Usa o método com 2 argumentos
puts(somar(10, 20))

# Usa o método com 1 argumento
puts(somar(5))

Ao executar este código Ruby nós teremos o seguinte resultado:

9
30
5

Neste exemplo eu dei o nome args para o parâmetro com asterisco, mas podemos usar qualquer nome.


Ruby ::: Dicas & Truques ::: Arrays e Matrix (Vetores e Matrizes)

Como adicionar itens ao final de um array em Ruby usando o operador <<

Quantidade de visualizações: 6341 vezes
Nesta dica mostrarei como podemos usar o operador << da linguagem Ruby para adicionar novos elementos no final de um array.

Veja o código completo para o exemplo:

# vamos criar um array de nomes
nomes = []

# Lê entrada até que o valor -1 seja
# fornecido
loop do
  print "Digite um nome (-1 para sair): "
  nome = gets.chomp
  
  # vamos adicionar este nome no final do
  # array
  if nome != "-1"
    nomes << nome # adiciona o nome ao array
  end
  
  # vamos sair do laço se o valor for "-1"
  if nome == "-1"
    break
  end
end

# Exibe todos os valores do array
puts "\nOs nomes fornecidos foram:"
nomes.each do | nome |
  puts nome
end

Ao executar este código Ruby nós teremos o seguinte resultado:

Digite um nome (-1 para sair): FERNANDA
Digite um nome (-1 para sair): LAURA
Digite um nome (-1 para sair): ISADORA
Digite um nome (-1 para sair): CINTIA
Digite um nome (-1 para sair): -1

Os nomes fornecidos foram:
FERNANDA
LAURA
ISADORA
CINTIA


Java ::: Desafios e Lista de Exercícios Resolvidos ::: Arrays e Matrix (Vetores e Matrizes)

Exercício Resolvido de Java - Como percorrer todos os elementos de um vetor de inteiros e exibir a soma de seus valores

Quantidade de visualizações: 12763 vezes
Pergunta/Tarefa:

Considere o seguinte vetor de inteiros:

// um vetor de inteiros contendo sete elementos
int valores[] = {4, 5, 1, 8, 2, 2, 10};
Escreva um programa Java console ou GUI que usa um laço for para percorrer todos os elementos deste vetor e exibir a soma de seus valores. Seu programa deverá exibir uma saída com a mensagem:

A soma dos valores do vetor é: 32

Resposta/Solução:

public static void main(String[] args){
  // um vetor de inteiros contendo sete elementos
  int valores[] = {4, 5, 1, 8, 2, 2, 10};
    
  // o primeiro passo é criar uma variável que vai receber a soma
  // dos valores dos elementos
  int soma = 0;

  // agora vamos usar uma laço for para percorrer todos os elementos
  // do vetor, obter o valor do elemento atual e adicionar ao valor atual
  // da variável soma
  for(int i = 0; i < valores.length; i++){
    soma = soma + valores[i];
    // poderia também ser escrito assim:
    // soma += valores[i];
  }

  // vamos exibir a soma dos valores do vetor
  System.out.println("A soma dos valores do vetor é: " + soma);
}



Java ::: Java + MySQL ::: Metadados da Base de Dados (Database Metadata)

Java MySQL - Como obter uma lista das funções de data e hora suportadas pelo MySQL usando o método getTimeDateFunctions() da interface DatabaseMetaData

Quantidade de visualizações: 5117 vezes
Em algumas situações gostaríamos de, via código, obter uma lista das funções de data e hora suportadas pelo MySQL. Para isso podemos usar o método getTimeDateFunctions() da interface DatabaseMetaData. É importante observar que, no Sun Microsystem's JDBC Driver for MySQL, a interface DatabaseMetaData é implementada por uma classe do mesmo nome, no pacote com.mysql.jdbc.DatabaseMetaData. E esta classe implementa o método getTimeDateFunctions() de forma a retornar a lista de funções de data e hora separadas por vírgulas.

Veja um trecho de código Java no qual listamos todas as funções de data e hora suportados no MySQL 5.0:

package estudosbancodados;

import java.sql.Connection;
import java.sql.DatabaseMetaData;
import java.sql.DriverManager;
import java.sql.SQLException;

public class EstudosBancoDados{
  public static void main(String[] args) {
    // strings de conexão
    String databaseURL = "jdbc:mysql://localhost/estudos";
    String usuario = "root";
    String senha = "osmar1234";
    String driverName = "com.mysql.jdbc.Driver";

    try {
      Class.forName(driverName).newInstance();
      Connection conn = DriverManager.getConnection(databaseURL, usuario, senha);

      // vamos obter um objeto da classe com.mysql.jdbc.DatabaseMetaData
      DatabaseMetaData dbmd = conn.getMetaData();

      // vamos obter a lista de funções de data e hora disponíveis
      // nesta versão do MySQL
      String funcoesDataHora = dbmd.getTimeDateFunctions();

      // como a lista de funções está separada por vírgulas, vamos obter
      // uma matriz de strings
      String funcoes[] = funcoesDataHora.split(",");

      // vamos mostrar o resultado
      for(int i = 0; i < funcoes.length; i++){
        System.out.println(funcoes[i]);
      }
    }
    catch (SQLException ex) {
      System.out.println("SQLException: " + ex.getMessage());
      System.out.println("SQLState: " + ex.getSQLState());
      System.out.println("VendorError: " + ex.getErrorCode());
    }
    catch (Exception e) {
      System.out.println("Problemas ao tentar conectar com o banco de dados: " + e);
    }
  }
}

Ao executarmos este código teremos o seguinte resultado:

DAYOFWEEK
WEEKDAY
DAYOFMONTH
DAYOFYEAR
MONTH
DAYNAME
MONTHNAME
QUARTER
WEEK
YEAR
HOUR
MINUTE
SECOND
PERIOD_ADD
PERIOD_DIFF
TO_DAYS
FROM_DAYS
DATE_FORMAT
TIME_FORMAT
CURDATE
CURRENT_DATE
CURTIME
CURRENT_TIME
NOW
SYSDATE
CURRENT_TIMESTAMP
UNIX_TIMESTAMP
FROM_UNIXTIME
SEC_TO_TIME
TIME_TO_SEC


Java ::: Java Swing - JTable e classes relacionadas ::: JTable

Como inserir novas colunas em uma JTable do Java Swing em tempo de execução usando o método addColumn() da classe DefaultTableModel

Quantidade de visualizações: 14940 vezes
Em algumas situações nós precisamos adicionar uma ou mais colunas em uma JTable do Java Swing. Entre as formas possíveis, uma é por meio do uso da função addColumn() da classe DefaultTableModel. Este método recebe, no exemplo abaixo, uma String contendo o nome da coluna a ser criada.

Veja o código completo para a aplicação Java Swing:

import javax.swing.*;
import java.awt.*;
import java.awt.event.*;
import javax.swing.table.*;

public class Estudos extends JFrame{
  public Estudos(){
    super("Exemplo de uma tabela simples");
		
    final DefaultTableModel modelo = new 
       DefaultTableModel();
    
    // constrói a tabela
    JTable tabela = new JTable(modelo);
    
    // Cria duas colunas
    modelo.addColumn("Nome");
    modelo.addColumn("Idade");
    
    JButton btn = new JButton("Adicionar Colunas");
    btn.addActionListener(
      new ActionListener(){
      	public void actionPerformed(ActionEvent e){
      	  String titulo = JOptionPane.showInputDialog(
            null, "Informe o título da nova coluna:");
      	  
      	  // Adiciona uma coluna
          modelo.addColumn(titulo);
        }
      }	
    ); 
    
    tabela.setPreferredScrollableViewportSize(
        new Dimension(350, 50));
	
    Container c = getContentPane();
    c.setLayout(new FlowLayout());
			
    JScrollPane scrollPane = new JScrollPane(tabela);
    c.add(scrollPane);
    c.add(btn);
    	
    setSize(400, 300);
    setVisible(true);
  }
	
  public static void main(String args[]){
    Estudos app = new Estudos();
    app.setDefaultCloseOperation(JFrame.EXIT_ON_CLOSE);
  }
}


Carregar Publicações Anteriores


Nossas 20 dicas & truques de programação mais recentes

Últimos Projetos e Códigos Fonte Liberados Para Apoiadores do Site

Últimos Exercícios Resolvidos

Nossas 20 dicas & truques de programação mais populares

Você também poderá gostar das dicas e truques de programação abaixo

Códigos Fonte

Programa de Gestão Financeira Controle de Contas a Pagar e a Receber com Cadastro de Clientes e FornecedoresSoftware de Gestão Financeira com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - Inclui cadastro de clientes, fornecedores e ticket de atendimento
Diga adeus às planilhas do Excel e tenha 100% de controle sobre suas contas a pagar e a receber, gestão de receitas e despesas, cadastro de clientes e fornecedores com fotos e histórico de atendimentos. Código fonte completo e funcional, com instruções para instalação e configuração do banco de dados MySQL. Fácil de modificar e adicionar novas funcionalidades. Clique aqui e saiba mais
Controle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidadesControle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidades
Tenha o seu próprio sistema de controle de estoque web. com cadastro de produtos, categorias, fornecedores, entradas e saídas de produtos, com relatórios por data, margem de lucro e muito mais. Código simples e fácil de modificar. Acompanha instruções para instalação e criação do banco de dados MySQL. Clique aqui e saiba mais

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: Python
3º lugar: C#
4º lugar: PHP
5º lugar: Delphi
6º lugar: C
7º lugar: JavaScript
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: Ruby

Anúncio Patrocinado
Chat de Sexo - Site para adultso - Maiores de 18 anos. Converse com pessoas de todo o Brasil, de forma discreta e anônima


© 2024 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados
Neste momento há 15 usuários muito felizes estudando em nosso site.