Forneço ajuda em Java, C/C++, Python, C#, Delphi, VB.NET
+55 (062) 98553-6711
Forneço ajuda em PHP, Python, C#, Google Ads e SEO
+55 (062) 98243-1195

Você está aqui: Java ::: Projetos Java Completos - Códigos Fonte Completos Java ::: Jogos (Games)

Como criar um Jogo da Velha em Java - Jogo completo com código fonte comentado - Versão console

Quantidade de visualizações: 5439 vezes
Faça o download do código-fonte Jogo da Velha em Java

Sobre o Jogo da Velha em Java

O Jogo da Velha, também conhecido como Tic-Tac-Toe, é um dos joguinhos mais fáceis de se programar em Java. Além disso, ele possibilita uma boa oportunidade de se entender matrizes, a estrutura switch, os laços for e while, assim como a estrutura básica presente em praticamente todos os games.

O Jogo da Velha em Java Console

Neste código fonte eu demonstro como o Jogo da Velha pode ser criado em Java usando o modo console, ou seja, em formato texto. Penso que o entendimento da lógica é mais fácil em modo console. Uma vez que você tenha aprendido todos os passos envolvidos, você poderá reproduzí-lo em modo gráfico sem muitas dificuldades.

A versão do jogo apresentado nesta dica é um jogador humano, ou seja, você, contra o computador. Não coloquei inteligência artificial nem aprendizado de máquina nos movimentos do computador. Usei apenas jogadas sorteadas. Fica como desafio você implementar jogadas inteligentes por parte do computador como forma de deixar o jogo ainda mais interessante. Por enquanto o objetivo é só o aprendizado mesmo.

Antes de continuarmos, veja uma imagem demonstrando o jogo:



Me mostra um pouco do código

Para mostrar a simplicidade do código, veja o método que registra a jogada do jogador humano:

// este método registra a jogada do jogador humano
private static void jogadaHumano(char[][] tabuleiro) {
  int jogada; // para registrar a jogada do jogador humano
	
  // repete até que a jogada seja válida
  while (true) {
    // lê a jogada do humano
    System.out.print("\nSua jogada (1 a 9): ");
    jogada = Integer.parseInt(entrada.nextLine());
    // este movimento é válido?
    if (movimentoValido(tabuleiro, jogada)){
      break;
    } 
    else{ // não é válido
      System.out.println("O número " + jogada + " não é um movimento válido.");
    }  
  }
 
  // vamos registrar esse movimento 
  registrarMovimento(tabuleiro, jogada, 'X');
}
Como posso obter este código fonte?

Os links para você baixar todas as versões deste projeto estão abaixo:

1) JOGOVELHAJC - Jogo da Velha em Java Console - NetBeans IDE - Faça o Download.

Não se esqueça: Uma boa forma de estudar o código é fazendo pequenas alterações e rodando para ver os resultados. Outra opção é começar um projeto Java do zero e ir adicionando trechos do código fonte para melhor entendimento de suas partes.

Link para compartilhar na Internet ou com seus amigos:

Python ::: Desafios e Lista de Exercícios Resolvidos ::: Métodos, Procedimentos e Funções

Exercícios Resolvidos de Python - Como escrever uma função Python que recebe dois números inteiros e retorna a soma desses dois valores como um inteiro

Quantidade de visualizações: 443 vezes
Pergunta/Tarefa:

Escreva uma função em Python chamada somar() que recebe dois números inteiros e retorna a soma desses dois valores como um inteiro. Este método deverá ter a seguinte assinatura:

def somar(a, b):
  # sua implementação aqui
}
Após a implementação do método somar(), peça ao usuário para informar dois números inteiros. Em seguida faça uma chamada ao método somar() passando os dois valores como argumentos, obtenha o retorno e exiba-o.

Sua saída deverá ser parecida com:

Informe o primeiro número: 4
Informe o segundo número: 3
A soma dos dois números é: 7
Resposta/Solução:

Veja a resolução comentada deste exercício usando Python:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

# método que recebe dois inteiros e retorna a soma como um número inteiro
def somar(a, b):
  soma = a + b # soma os dois números
  return soma # retorna a soma para o método chamador

# função principal do programa
def main():
  # vamos pedir ao usuário que informe dois valores inteiros
  n1 = int(input("Informe o primeiro número: "))
  n2 = int(input("Informe o segundo número: "))
  
  # vamos efetuar uma chamada ao método somar() e obter seu retorno
  resultado = somar(n1, n2)
    
  # finalmente mostramos o resultado
  print("A soma dos dois números é: {0}".format(resultado))
  
if __name__== "__main__":
  main()



C ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como verificar se uma string é igual, maior ou menor que outra em C usando a função strcmp()

Quantidade de visualizações: 22103 vezes
A função strcmp() da linguagem C pode ser usada para verificar se uma string é igual, maior ou menor que outra.

Esta função, presente no header string.h aceita duas strings e retorna um valor inteiro: 0 se as strings forem iguais; maior que 0 se a primeira string for maior que a segunda e menor que 0 se a primeira string for menor que a segunda.

Veja um exemplo de seu uso:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
#include <string.h>

int main(int argc, char *argv[]){
  char palavra1[] = "Java";
  char palavra2[] = "JavaScript";

  if(strcmp(palavra1, palavra2) == 0){
    printf("As palavras sao iguais");
  }
  else if(strcmp(palavra1, palavra2) > 0){
    printf("A primeira string e maior que a segunda");
  }
  else if(strcmp(palavra1, palavra2) < 0){
    printf("A segunda string e maior que a primeira");
  }

  puts("\n\n");
  system("PAUSE");
  return 0;
}

Ao executar este código C nós teremos o seguinte resultado:

A segunda string é maior que a primeira.


MySQL ::: Dicas & Truques ::: Chaves, Índices e Restrições de Integridade Referencial

Como criar chaves estrangeiras no MySQL - Como criar Foreign Keys em tabelas do MySQL

Quantidade de visualizações: 88551 vezes
O que é chave estrangeira (foreign key)?

O papel da chave estrangeira é manter uma referência a um registro presente em outra tabela. Imagine o seguinte cenário. Temos uma tabela livros e uma tabela autores. Neste cenário, um autor pode escrever vários livros e um livro pode ser escrito somente por um determinado autor. Aqui temos uma relação 1:N, ou seja, um para muitos: um autor pode escrever zero, um ou vários livros.

Comece analisando a tabela autores:

Field    Type               Null   Key    Default   Extra    
id       int(10) unsigned   NO     PRI    -         auto_increment    
nome     varchar(45)        NO            -                
email    varchar(45)        NO            -                
Como podemos ver, esta tabela possui três campos: id, nome e email. O campo id é do tipo int, auto-incremento e é a chave primária da tabela (não poderá haver ids repetidos nem o valor NULL). Esta tabela foi criada com o seguinte comando DDL CREATE TABLE:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

CREATE TABLE autores(
  id int(10) unsigned NOT NULL auto_increment,
  nome varchar(45) NOT NULL,
  email varchar(45) NOT NULL,
  PRIMARY KEY(id)
)ENGINE=InnoDB;

Analise agora a tabela livros:

Field      Type                Null    Key    Default    Extra    
id         int(10) unsigned    NO      PRI    -          auto_increment    
titulo     varchar(45)         NO             -               
paginas    int(10) unsigned    NO             -               
id_autor   int(10) unsigned    NO             -               
Note que esta tabela possui os campos id, titulo, paginas e id_autor. Veja o comando DDL CREATE TABLE usado para sua criação:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

CREATE TABLE livros(
  id INTEGER UNSIGNED NOT NULL DEFAULT NULL AUTO_INCREMENT,
  titulo VARCHAR(45) NOT NULL,
  paginas INTEGER UNSIGNED NOT NULL,
  id_autor INTEGER UNSIGNED NOT NULL,
  PRIMARY KEY(id)
)ENGINE = InnoDB;

O campo id é do tipo int, auto-incremento e foi marcado como chave primária. Dessa forma, o campo id identifica unicamente cada livro. O campo id_autor é do tipo int e sua função é guardar o id do autor que escreveu um determinado livro. Ao trazer o valor do campo id da tabela autores para o campo id_autor da tabela livros nós estamos relacionando as duas tabelas. O campo id_autor, neste cenário, é a chave estrangeira, pois seu valor sempre refletirá o valor do campo id da tabela autores (a única exceção é quando queremos deixar, temporariamente, um livro sem autor). Lembre-se, em uma relação 1:N, a chave estrangeira, em geral, ficará no lado N da relação.

Integridade Referencial (Restrições de Chave Estrangeira) - Referential Integrity (Foreign Key Constraints)

Imagine agora que você inseriu alguns registros na tabela autores e na tabela livros. Todas as vezes que o valor do campo id_autor na tabela livros for igual ao valor do campo id na tabela autores nós estaremos criando um relação autor-livro. É possível, a qualquer momento, listar um livro e saber de imediato o id do seu autor (isso permite fazer um join com a tabela autores para obter os dados do respectivo autor).

Mas, o que acontecerá se excluirmos um registro na tabela autores e, mais tarde, descobrirmos que o campo id_autor da tabela livros guardava uma referência para o autor excluído? Teremos a quebra da integridade referencial. Para evitar tais situações, é responsabilidade do programador escrever códigos de verificações para prevenir estas ocorrências.

Os bancos de dados, e principalmente o MySQL, possuem mecanismos para reforçar esta proteção: restrições de chave estrangeira. As restrições de chave estrangeira asseguram duas situações possíveis:

1) Não permitir que um autor seja excluído quando qualquer livro possuir uma referência a ele;

2) Se o autor for excluído, todos os livros que o referenciam também o serão.

Definindo a chave estrangeira na tabela livros usando o atributo CONSTRAINT FOREIGN KEY REFERENCES

Vamos agora reescrever o comando DDL CREATE TABLE para a tabela livros de forma a aplicar as restrições de chaves estrangeiras. Veja a nova versão:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

CREATE TABLE livros(
  id INTEGER UNSIGNED NOT NULL DEFAULT NULL AUTO_INCREMENT,
  titulo VARCHAR(45) NOT NULL,
  paginas INTEGER UNSIGNED NOT NULL,
  id_autor INTEGER UNSIGNED NOT NULL,
  PRIMARY KEY(id),
  CONSTRAINT livros_autores FOREIGN KEY(id_autor) REFERENCES autores(id)
)ENGINE = InnoDB;

A estrutura da tabela livros será alterada para aquela mostrada abaixo:

Field      Type                Null   Key    Default    Extra    
id         int(10) unsigned    NO     PRI    -          auto_increment    
titulo     varchar(45)         NO            -              
paginas    int(10) unsigned    NO            -                
id_autor   int(10) unsigned    NO     MUL    -
Veja que agora o campo id_autor foi sinalizado como MUL, ou seja, parte de um índice não único. Experimente agora inserir dados em ambas as tabelas e faça relacionamentos entre autores e livros. Tente excluir um autor que tenha um livro relacionado a ele. Imediatamente o MySQL abortará a operação com a seguinte mensagem de erro:

ErrorNr. 1451: Cannot delete or update a parent row: a foreign key constraint fails (`estudos/livros`, CONSTRAINT `livros_autores` FOREIGN KEY (`id_autor`) REFERENCES `autores` (`id`))

Em mais dicas desta seção você aprenderá a usar as cláusulas ON DELETE e ON UPDATE e as ações RESTRICT, SET NULL, CASCADE e NO ACTION. Todas estas cláusulas e ações são usadas para reforçar a integridade referencial de suas bases de dados.


Delphi ::: Classes, Controles e Componentes ::: TRegistry (Registro do Windows)

Como criar chaves no registro do Windows usando o método CreateKey() da classe TRegistry do Delphi

Quantidade de visualizações: 14723 vezes
Em algumas situações gostariámos de criar novas chaves e/ou sub-chaves no registro do Windows. Isso pode ser feito por meio do método CreateKey() da classe TRegistry. Este método recebe uma string especificando o nome da chave a ser criada e retorna um valor Boolean indicando se a chave foi criada com sucesso.

Veja um trecho de código no qual criamos uma chave chamada "Arquivo de Códigos" dentro da chave raiz HKEY_CURRENT_USER:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

procedure TForm3.Button4Click(Sender: TObject);
var
  chave: String;
  reg: TRegistry;
begin
  // uses Registry

  // vamos definir o nome da chave a ser criada
  chave := 'Arquivo de Códigos';

  // vamos criar uma instância da classe TRegistry
  reg := TRegistry.Create;

  // a chave raiz padrão é HKEY_CURRENT_USER mas, por via das dúvidas
  // vamos reafirmar isso
  reg.RootKey := HKEY_CURRENT_USER;

  // vamos criar a chave informada
  if reg.CreateKey(chave) then
    begin
      ShowMessage('A chave foi criada com sucesso.');
    end
  else
    begin
      ShowMessage('Não foi possível criar a chave informada.');
    end;
    
  // vamos liberar o registro 
  reg.Free;
end;


Alguns aplicativos, por exemplo os da Adobe, Macromedia, Microsoft, etc, guardar informações relacionadas aos seus aplicativos na sub-chave SOFTWARE dentro da chave HKEY_LOCAL_MACHINE. Assim, vamos criar uma chave para um aplicativo fictício. Vamos chamar nossa chave de "Simulador Nota Fiscal Eletrônica 1.0". Note que, se esta chave já existir no registro nada acontecerá:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

procedure TForm3.Button4Click(Sender: TObject);
var
  chave: String;
  reg: TRegistry;
begin
  // uses Registry

  // vamos definir o nome da chave a ser criada
  chave := 'Simulador Nota Fiscal Eletrônica 1.0';

  // vamos criar uma instância da classe TRegistry
  reg := TRegistry.Create;

  // vamos criar uma chave dentro de HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE
  reg.RootKey := HKEY_LOCAL_MACHINE;

  // vamos criar a chave informada
  if reg.CreateKey('\SOFTWARE\' + chave) then
    begin
      ShowMessage('A chave foi criada com sucesso.');
    end
  else
    begin
      ShowMessage('Não foi possível criar a chave informada.');
    end;
    
  // vamos liberar o registro 
  reg.Free;
end;


Execute este código e logo em seguida abra uma janela de terminal e digite regedit.exe. vá na seção
HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE e veja se a chave "Simulador Nota Fiscal Eletrônica 1.0" foi realmente criada.

Para fins de compatibilidade, esta dica foi escrita usando Delphi 2009.


C++ ::: Fundamentos da Linguagem ::: Estruturas de Controle

C++ para iniciantes - Como usar o laço for em C++

Quantidade de visualizações: 22538 vezes
O laço for é usado quando queremos executar um bloco de códigos um determinado número de vezes. Este laço é composto de três partes:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

for(início; condição; incremento/decremento){
  bloco de instruções
} 

A parte início é executada uma única vez (na entrada do laço). Geralmente é nesta parte que declaramos e inicializamos a variável de controle. Na parte condição nós testamos a condição atual da variável de controle, para verificar se o laço pode continuar sua execução. Na parte do incremento/decremento nós alteramos o valor da variável de controle. Finalmente o bloco de instruções representa as instruções que serão executadas no laço.

Veja um exemplo de laço for no qual exibimos os números de 0 a 10:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

#include <string>
#include <iostream>

using namespace std;

int main(int argc, char *argv[]){
  // um laço for que conta de 0 a 10
  for(int i = 0; i <= 10; i++){
    cout << i << "\n";
  }

  cout << "\n\n";

  system("PAUSE"); // pausa o programa
  return EXIT_SUCCESS;
}

Veja agora um laço for usado para exibir os números de 10 a 0:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

#include <string>
#include <iostream>

using namespace std;

int main(int argc, char *argv[]){
  // um laço for que conta de 10 a 0
  for(int i = 10; i >= 0; i--){
    cout << i << "\n";
  }

  cout << "\n\n";

  system("PAUSE"); // pausa o programa
  return EXIT_SUCCESS;
}

É importante observar que mais de uma expressão podem ser executadas nas partes início e incremento/decremento de um laço for. Veja um exemplo:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

#include <string>
#include <iostream>

using namespace std;

int main(int argc, char *argv[])
{
  // um laço for que conta de 10 a 0
  for(int i = 0, x = 4; i <= 10; i++, x += 2){
    cout << (i * x) << "\n";
  }

  cout << "\n\n";

  system("PAUSE"); // pausa o programa
  return EXIT_SUCCESS;
}



Desafios, Exercícios e Algoritmos Resolvidos de C++

Veja mais Dicas e truques de C++

Dicas e truques de outras linguagens

Códigos Fonte

Programa de Gestão Financeira Controle de Contas a Pagar e a Receber com Cadastro de Clientes e FornecedoresSoftware de Gestão Financeira com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - Inclui cadastro de clientes, fornecedores e ticket de atendimento
Diga adeus às planilhas do Excel e tenha 100% de controle sobre suas contas a pagar e a receber, gestão de receitas e despesas, cadastro de clientes e fornecedores com fotos e histórico de atendimentos. Código fonte completo e funcional, com instruções para instalação e configuração do banco de dados MySQL. Fácil de modificar e adicionar novas funcionalidades. Clique aqui e saiba mais
Controle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidadesControle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidades
Tenha o seu próprio sistema de controle de estoque web. com cadastro de produtos, categorias, fornecedores, entradas e saídas de produtos, com relatórios por data, margem de lucro e muito mais. Código simples e fácil de modificar. Acompanha instruções para instalação e criação do banco de dados MySQL. Clique aqui e saiba mais

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: Python
3º lugar: C#
4º lugar: PHP
5º lugar: Delphi
6º lugar: C
7º lugar: JavaScript
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: Ruby



© 2024 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados
Neste momento há 78 usuários muito felizes estudando em nosso site.