Forneço ajuda em Java, C/C++, Python, C#, Delphi, VB.NET
+55 (062) 98553-6711
Forneço ajuda em PHP, Python, C#, Google Ads e SEO
+55 (062) 98243-1195

Você está aqui: AutoCAD Civil 3D .NET C# ::: Dicas & Truques ::: Superfície - Surface

Como retornar a quantidade de pontos em uma superfície do AutoCAD Civil 3D usando C# e a propriedade NumberOfPoints do objeto GeneralSurfaceProperties

Quantidade de visualizações: 352 vezes
Em algumas situações nós precisamos saber a quantidade de pontos existentes em uma superfície do AutoCAD Civil 3D. Uma das formas de se obter isso é expandir o nó Surfaces, clicar com o botão direito na superfície desejada e pedir Surface Properties. Agora basta ir na aba Statistics e expandir a seção General.

Via programação podemos obter o número de pontos de uma surface usando a propriedade NumberOfPoints do objeto GeneralSurfaceProperties. Este objeto é obtido a partir de uma chamada à função GetGeneralProperties() do objeto CivSurface que estamos operando no momento.

Veja o código AutoCAD Civil 3D C# .NET completo para o exemplo:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

using System;
using Autodesk.AutoCAD.Runtime;
using Autodesk.Civil.ApplicationServices;
using Autodesk.AutoCAD.DatabaseServices;
using Autodesk.AutoCAD.ApplicationServices;
using Autodesk.AutoCAD.EditorInput;
using CivSurface = Autodesk.Civil.DatabaseServices.Surface;
using Autodesk.Civil.DatabaseServices;

namespace Estudos {
  public class Class1 : IExtensionApplication {
    [CommandMethod("Superficie")]
    public void Superficie() {
      // vamos obter uma referência ao documento atual do Civil 3D
      CivilDocument doc = CivilApplication.ActiveDocument;

      // obtemos o editor
      Editor editor = Application.DocumentManager.MdiActiveDocument.Editor;

      // vamos pesquisar a superfície chamada "TN - SUPERFÍCIE NATURAL"
      string nome = "TN - SUPERFÍCIE NATURAL";

      // vamos iniciar um nova transação
      using (Transaction ts = Application.DocumentManager.MdiActiveDocument.
        Database.TransactionManager.StartTransaction()) {
        try {
          // efetuamos uma chamada ao método GetSurfaceByName() passando
          // o documento atual do AutoCAD Civil 3D e o nome da superfície
          // que queremos encontrar
          CivSurface superficie = GetSurfaceByName(doc, nome);

          // e mostramos o resultado
          if (superficie == null) {
            editor.WriteMessage("\nA superfície não foi encontrada.");
          }
          else {
            // agora que já temos a superfície, vamos obter suas propriedades
            // por meio do objeto GeneralSurfaceProperties
            GeneralSurfaceProperties prop = superficie.GetGeneralProperties();

            // e obtemos a quantidade de pontos dessa superfície
            int quant_pontos = prop.NumberOfPoints;

            // e mostramos o resultado
            editor.WriteMessage("\nA superfície possui " + quant_pontos +
              " pontos.");
          }
        }
        catch (System.Exception e) {
          // handle bad file path 
          editor.WriteMessage("Erro: {0}", e.Message);
        }
      }
    }

    // função C# que retorna uma superfície por nome, ou null em
    // caso de não encontrar a surface desejada
    public CivSurface GetSurfaceByName(CivilDocument doc, string nome) {
      // vamos declarar um objeto da classe 
      CivSurface superficie = null;

      // agora vamos obter os ids de todas as superfícies
      ObjectIdCollection superficies = doc.GetSurfaceIds();

      // vamos percorrer todos os ids de superfícies retornados
      foreach (ObjectId idSuperficie in superficies) {
        superficie = idSuperficie.GetObject(OpenMode.ForRead) as CivSurface;
        // encontramos a superfície
        if (superficie.Name.Equals(nome)) {
          return superficie;
        }
      }

      // retorna null se a superfície não for encontrada
      return null;
    }

    public void Initialize() {
      // pode deixar em branco
    }

    public void Terminate() {
      // pode deixar em branco
    }
  }
}

Ao executar este código AutoCAD Civil 3D .NET C# nós teremos o seguinte resultado:

A superfície possui 18427 pontos.

Link para compartilhar na Internet ou com seus amigos:

Java ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como converter uma string para letras maiúsculas em Java - Como transformar uma string em maiúsculas usando o método toUpperCase() da classe String

Quantidade de visualizações: 12455 vezes
A classe String nos fornece o toUpperCase() que converte todas as letras em um texto para letras maiúsculas e nos retorna o resultado de acordo com o locale padrão. Este método é semelhante à toUpperCase(Locale.getDefault()).

Veja um exemplo de como transformar todas as letras de uma frase para letras maiúsculas:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

package arquivodecodigos;

public class Estudos{
  public static void main(String[] args){
    String original = "Onde posso aprender a programar em Java?";
    // vamos convertar para letras maísculas
    String maiusculas = original.toUpperCase();
      
    // vamos mostrar o resultado
    System.out.println("String original: " + original);
    System.out.println("Em letras maiúsculas: " + maiusculas);
     
    System.exit(0);
  }
} 

Ao executarmos este código nós teremos o seguinte resultado:

String original: Onde posso aprender a programar em Java?
Em letras maiúsculas: ONDE POSSO APRENDER A PROGRAMAR EM JAVA?

Esta dica foi revisada e atualizada para o Java 8.


VisuAlg ::: Desafios e Lista de Exercícios Resolvidos ::: VisuAlg Básico

Exercícios Resolvidos de VisuAlg - Escreva um programa VisuAlg para calcular e imprimir o número de lâmpadas necessárias

Quantidade de visualizações: 119 vezes
Pergunta/Tarefa:

Escreva um programa VisuAlg para calcular e imprimir o número de lâmpadas necessárias para iluminar um determinado cômodo de uma residência. Dados de entrada: a potência da lâmpada utilizada (em watts), as dimensões (largura e comprimento, em metros) do cômodo. Considere que a potência necessária é de 18 watts por metro quadrado.

Sua saída deverá ser parecida com:

Informe a potência da lâmpada (em watts): 100
Informe a largura do cômodo (em metros): 6
Informe o comprimento do cômodo (em metros): 4
Serão necessárias 4 lâmpadas.
Resposta/Solução:

Veja a resolução completa para o exercício em VisuAlg, comentada linha a linha:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

algoritmo "Como calcular o número de lâmpadas necessárias"

var
  // variáveis usadas na resolução do problema
  potencia_lampada, largura_comodo, comprimento_comodo: real
  area_comodo, potencia_total: real
  quant_lampadas: inteiro

inicio
  // vamos ler a potência da lâmpada
  escreva("Informe a potência da lâmpada (em watts): ")
  leia(potencia_lampada)

  // vamos ler a largura do cômodo
  escreva("Informe a largura do cômodo (em metros): ")
  leia(largura_comodo)

  // agora vamos ler o comprimento do cômodo
  escreva("Informe o comprimento do cômodo (em metros): ")
  leia(comprimento_comodo)

  // agora vamos calcular a área do cômodo
  area_comodo <- largura_comodo * comprimento_comodo

  // calculamos a potência total necessária para iluminar
  // todo o cômodo
  potencia_total <- area_comodo * 18

  // e finalmente calculamos a quantidade de lâmpadas necessárias
  quant_lampadas <- Int(potencia_total / potencia_lampada)

  // será necessário no mínimo uma lâmpada
  se quant_lampadas = 0 entao
    quant_lampadas <- quant_lampadas + 1
  fimse

  // e mostramos o resultado
  escreva("Serão necessárias ", quant_lampadas, " lâmpadas.")

fimalgoritmo



Delphi ::: Dicas & Truques ::: Ponteiros, Referências e Memória

Como usar nil para testar ou indicar que um ponteiro Delphi não referencia nenhuma posição de memória

Quantidade de visualizações: 14793 vezes
O propósito dos ponteiros é nos permitir acessar e manipular os valores de outras variáveis. Isso é feito acessando-se diretamente o endereço de memória destas variáveis. Porém, há situações nas quais queremos testar se um determinado ponteiro está realmente apontando para um local na memória. Veja o seguinte trecho de código:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
var
  pvalor: ^integer;
begin
  // vamos exibir o valor da variável referenciada pelo
  // ponteiro pvalor
  ShowMessage(IntToStr(pvalor^));
end;

Ao executarmos este código nós teremos um valor aleatório sendo exibido (e um warning do tipo W1036 Variable 'pvalor' might not have been initialized. Isso acontece porque criamos um ponteiro para um Integer mas não indicamos o endereço da variável para a qual ele aponta, ou seja, até o momento este ponteiro é nulo (não aponta para nenhuma posição de memória). Mova a declaração do ponteiro para a seção interface e verá que código compilará mas teremos uma exceção do tipo EAccessViolation (Exception class EAccessViolation with message 'Access violation at address ... in module ...). Clássico erro de lógica. Estamos tentando acessar dados não existentes na memória.

Esta situação pode ser evitada testando se o ponteiro ainda é nulo antes de tentarmos desreferenciá-lo. Veja:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
begin
  // vamos exibir o valor da variável referenciada pelo
  // ponteiro pvalor
  if pvalor = nil then
    ShowMessage('O ponteiro ainda é nulo.')
  else
    ShowMessage(IntToStr(pvalor^));
end;

Note que movi a declaração do ponteiro para a secão interface, de forma a torná-la global. Isso evita que o ponteiro seja automaticamente inicializado (o que sempre acontece com as variáveis locais). Ao executar o código novamente você verá a mensagem indicando que o ponteiro ainda é nulo.

Podemos também usar nil para, explicitamente, marcar um ponteiro como nulo, ou seja, definir que o ponteiro não aponta para nenhum local na memória. Comece declarando as variáveis abaixo na seção interface do formulário:

valor: Integer;
pvalor: ^Integer;

Em seguida coloque o código abaixo no evento Click de um botão:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
begin
  // vamos atribuir um valor à variável valor
  valor := 14;

  // vamos "apontar" nosso ponteiro para o local de
  // memória da variável valor
  pvalor := @valor;

  // vamos exibir o valor da variável apontada por pvalor
  ShowMessage(IntToStr(pvalor^));

  // vamos marcar pvalor como nulo
  pvalor := nil;

  // vamos causar um EAccessViolation já que pvalor
  // não aponta para nenhum local na memória agora
  ShowMessage(IntToStr(pvalor^));
end;

Sempre que marcamos um ponteiro como nil, a memória até então ocupada por ele é liberada para uso por parte do sistema operacional ou demais programas. Este procedimento ajuda a evitar os vazamentos de memória (memory leak) tão frequentes em códigos que trabalham com memória alocada dinamicamente.

Para fins de compatibilidade, esta dica foi escrita usando Delphi 2009.


C# ::: Fundamentos da Linguagem ::: Estruturas de Controle

Como usar o laço do...while da linguagem C#

Quantidade de visualizações: 11505 vezes
O laço do...while (faça...enquanto) é usado quando queremos repetir uma instrução ou bloco de instruções ENQUANTO uma condição for satisfatória. A única diferença entre este laço e o laço while, é que, no laço do...while a condição de parada é testada após a iteração, o que garante que o laço do...while será executado no mínimo uma vez. No laço while a condição é testada antes da iteração. Veja um exemplo:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

static void Main(string[] args){
  int valor = 1;

  do{
    Console.WriteLine("{0}", valor);
    valor++;
  }while(valor <= 10);

  Console.WriteLine("\n\nPressione uma tecla para sair...");
  Console.ReadKey();
}

Este trecho de código conta de 1 até 10. Veja que após cada iteração do laço nós testamos se o valor da variável de controle é menor ou igual a 10. A próxima iteração acontece somente se esta condição for satisfeita. Note ainda que dentro de cada iteração nós incrementamos o valor da variável de controle. Isso é feito para que o laço não seja executado infinitamente.

Veja um outro exemplo de laço do...while, desta vez simulando um menu de opções:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

static void Main(string[] args){
  // variável que registra a opção do usuário
  int opcao;

  // laço do..while que mostra as opções do menu enquanto
  // o valor -1 não for informado
  do{
    // lê a opção
    Console.Write("Informe a opção 1, 2 ou 3" +
      " (-1 para sair): ");
    opcao = int.Parse(Console.ReadLine());

    switch (opcao){
      case 1:
        Console.WriteLine("Executando a opção 1");
        break;
      case 2:
        Console.WriteLine("Executando a opção 2");
        break;
      case 3:
        Console.WriteLine("Executando a opção 3");
        break;
      default:
        Console.WriteLine("Opção incorreta");
        break;
    }
  }while(opcao != -1);

  Console.WriteLine("\n\nPressione uma tecla para sair...");
  Console.ReadKey();
}

O laço do...while não é tão usado quanto o laço while. Use-o naquelas situações em que o laço deverá ser executado no mínimo uma vez.


JavaScript ::: Dicas & Truques ::: Arrays e Matrix (Vetores e Matrizes)

Como remover o primeiro elemento de um array em JavaScript - Como usar a função shift() do objeto Array do JavaScript

Quantidade de visualizações: 8268 vezes
Neste dica mostrarei como usar o método shift() do objeto Array da linguagem JavaScript para remover e retornar o primeiro elemento de um vetor. A ação de remover o primeiro elemento, ou seja, o elemento do topo do vetor é muito usada na construção da estrutura de dados pilha.

Veja o código completo, incluindo a página HTML que permite executar o exemplo:

----------------------------------------------------------------------
Se precisar de ajuda com o código abaixo, pode me chamar
no WhatsApp +55 (62) 98553-6711 (Osmar)
----------------------------------------------------------------------

<html>
<head>
  <meta charset="utf-8">
  <title>Estudos JavaScript</title>
</head>
<body>

<script language="javascript">
  // vamos declarar e instanciar um vetor com 5 elementos
  var valores = new Array(1, 2, 3, 4, 5);
  document.write("Valores no vetor: " + valores + "<br>");
  
  // vamos remover o primeiro elemento
  var primeiro = valores.shift();
  document.write("Removendo o primeiro elemento: " +
     primeiro + "<br>");
  document.write("Valores no vetor: " + valores);
</script>

</body>
</html>

Ao abrir esta página HTML nós teremos o seguinte resultado:

Valores no vetor: 1,2,3,4,5
Removendo o primeiro elemento: 1
Valores no vetor: 2,3,4,5


Desafios, Exercícios e Algoritmos Resolvidos de JavaScript

Veja mais Dicas e truques de JavaScript

Dicas e truques de outras linguagens

Códigos Fonte

Programa de Gestão Financeira Controle de Contas a Pagar e a Receber com Cadastro de Clientes e FornecedoresSoftware de Gestão Financeira com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - Inclui cadastro de clientes, fornecedores e ticket de atendimento
Diga adeus às planilhas do Excel e tenha 100% de controle sobre suas contas a pagar e a receber, gestão de receitas e despesas, cadastro de clientes e fornecedores com fotos e histórico de atendimentos. Código fonte completo e funcional, com instruções para instalação e configuração do banco de dados MySQL. Fácil de modificar e adicionar novas funcionalidades. Clique aqui e saiba mais
Controle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidadesControle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidades
Tenha o seu próprio sistema de controle de estoque web. com cadastro de produtos, categorias, fornecedores, entradas e saídas de produtos, com relatórios por data, margem de lucro e muito mais. Código simples e fácil de modificar. Acompanha instruções para instalação e criação do banco de dados MySQL. Clique aqui e saiba mais

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: Python
3º lugar: C#
4º lugar: PHP
5º lugar: Delphi
6º lugar: C
7º lugar: JavaScript
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: Ruby



© 2024 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados
Neste momento há 72 usuários muito felizes estudando em nosso site.