Você está aqui: AutoCAD VBA ::: Dicas & Truques ::: AcadSelectionSet - Seleção de Objetos

Como retornar a quantidade de objetos selecionados na área de desenho do AutoCAD usando AutoCAD VBA e a propriedade Count do objeto AcadSelectionSet

Quantidade de visualizações: 194 vezes
Nesta dica mostrarei como podemos usar a propriedade Count do objeto AcadSelectionSet do AutoCAD VBA para pedir ao usuário que selecione um ou mais objetos na área de desenho e, em seguida, retornar a quantidade de objetos selecionados.

Veja o código AutoCAD VBA completo para o exemplo:

' Macro que permite ao usuário selecionar um ou mais
' objetos na área de desenho do AutoCAD e retorna a quantidade
' de objetos selecionados

Sub QuantObjetosSelecionados()
  ' para guardar a seleção de objetos
  Dim objetosSelecionados As AcadSelectionSet
  ' para guardar a quantidade de objetos selecionados
  Dim quantSelecionados As Integer

  ' vamos trabalhar com o desenho atual
  With ThisDrawing
    On Error Resume Next
    ' o primeiro passo é limpar a seleção atual (se houver)
    .SelectionSets("CurrentSelection").Delete
    ' agora pedimos para o usuário selecionar os objetos
......


Ao executar este código AutoCAD nós teremos o seguinte resultado:

Selecione os objetos desejados e pressione Enter
[Seleciona alguns objetos e pressiona Enter]
Você selecionou 5 objetos.

Link para compartilhar na Internet ou com seus amigos:

Java ::: Dicas & Truques ::: Arquivos e Diretórios

Como verificar se um diretório já existe em Java usando o método exists() da classe File

Quantidade de visualizações: 14613 vezes
Em algumas situações nós precisamos verificar se um determinado diretório existe antes de efetuarmos alguma tarefa, talvez gravar um novo arquivo ou listar os arquivos contidos em um diretório. Para isso nós podemos o método exists() da classe File da linguagem Java. A classe File faz parte do pacote java.io.

A função exists() da classe File retorna um valor true se o diretório existir, e false em caso contrário. Veja um exemplo de seu uso:

package arquivodecodigos;
 
import java.io.File;

public class Estudos{
  public static void main(String args[]){
    // Este exemplo mostra como verificar a existência de um
    // diretório usando Java
    File diretorio = new File("c:\\java");
......


Ao executar este código Java nós teremos o seguinte resultado:

O diretório já existe no sistema.


Lisp ::: LISP para Engenharia ::: Geometria Analítica e Álgebra Linear

Como converter Coordenadas Polares para Coordenadas Cartesianas em LISP - LISP para Engenharia

Quantidade de visualizações: 409 vezes
Nesta nossa série de LISP e AutoLISP para Geometria Analítica e Álgebra Linear, mostrarei um código 100% funcional para fazer a conversão entre coordenadas polares e coordenadas cartesianas. Esta operação é muito frequente em computação gráfica e é parte integrante das disciplinas dos cursos de Engenharia (com maior ênfase na Engenharia Civil).

Na matemática, principalmente em Geometria e Trigonometria, o Sistema de Coordenadas Polares é um sistema de coordenadas em duas dimensões no qual cada ponto no plano é determinado por sua distância a partir de um ponto de referência conhecido como raio (r) e um ângulo a partir de uma direção de referência. Este ângulo é normalmente chamado de theta (__$\theta__$). Assim, um ponto em Coordenadas Polares é conhecido por sua posição (r, __$\theta__$).

Já o sistema de Coordenadas no Plano Cartesiano, ou Espaço Cartesiano, é um sistema que define cada ponto em um plano associando-o, unicamente, a um conjuntos de pontos numéricos.

Dessa forma, no plano cartesiano, um ponto é representado pelas coordenadas (x, y), com o x indicando o eixo horizontal (eixo das abscissas) e o y indicando o eixo vertical (eixo das ordenadas). Quando saímos do plano (espaço 2D ou R2) para o espaço (espaço 3D ou R3), temos a inclusão do eixo z (que indica profundidade).

Antes de prosseguirmos, veja uma imagem demonstrando os dois sistemas de coordenadas:



A fórmula para conversão de Coordenadas Polares para Coordenadas Cartesianas é:

x = raio × coseno(__$\theta__$)
y = raio × seno(__$\theta__$)

E aqui está o código LISP completo que recebe as coordenadas polares (r, __$\theta__$) e retorna as coordenadas cartesianas (x, y):

; programa LISP que converte Coordenadas Polares
; em Coordenadas Cartesianas
(let((raio)(theta)(graus)(x)(y))
  ; vamos ler o raio e o ângulo
  (princ "Informe o raio: ")
  (force-output)
  (setq raio (read))
  (princ "Informe o theta: ")
  (force-output)
  (setq theta (read))
  (princ "Theta em graus (1) ou radianos (2): ")
  (force-output)
......


Ao executar este código LISP nós teremos o seguinte resultado:

Informe o raio: 1
Informe o theta: 1.57
Theta em graus (1) ou radianos (2): 2
As Coordenadas Cartesianas são: (x = 0,00, y = 1,00)


Java ::: Desafios e Lista de Exercícios Resolvidos ::: Recursão (Recursividade)

Exercícios Resolvidos de Java - Um método recursivo que calcula o MDC (máximo divisor comum) entre dois números inteiros

Quantidade de visualizações: 8424 vezes
Exercício Resolvido de Java - Um método recursivo que calcula o MDC (máximo divisor comum) entre dois números inteiros

Pergunta/Tarefa:

O máximo divisor comum ou MDC (mdc) entre dois ou mais números inteiros é o maior número inteiro que é fator de tais números. Por exemplo, os divisores comuns de 12 e 18 são 1, 2, 3 e 6, logo mdc(12, 18) = 6. A definição abrange qualquer número de termos, por exemplo mdc(10, 15, 25, 30) = 5.

O cálculo do MDC entre x e y pode ser feito recursivamente da seguinte forma: Se y for igual a 0, então mdc(x, y) = x. Caso contrário, mdc(x, y) = mdc(y, x % y), no qual % é o operador de módulo (restante da divisão inteira).

Escreva um método recursivo que receba dois inteiros e calcule o mdc. Seu método deverá possuir a seguinte assinatura:

public static int mdc(int x, int y){
  // sua implementação aqui
}
Sua saída deverá ser parecida com:

Informe o primeiro inteiro: 12
Informe o segundo inteiro: 18
O MDC dos valores 12 e 18 é 6
Resposta/Solução:

Veja a resolução comentada deste exercício usando Java console:

package exercicio;

import java.util.Scanner;

public class Exercicio {
  public static void main(String[] args) {
    // cria um novo objeto da classe Scanner
    Scanner entrada = new Scanner(System.in);
    
    // vamos solicitar dois valores inteiros
    System.out.print("Informe o primeiro inteiro: ");
    // lê o primeiro inteiro
    int a = Integer.parseInt(entrada.nextLine());
    // solicita o segundo inteiro
    System.out.print("Informe o segundo inteiro: ");
    // lê o segundo inteiro
    int b = Integer.parseInt(entrada.nextLine());
......



C# ::: Dicas & Truques ::: Programação Orientada a Objetos

Programação Orientada a Objetos em C# - Como criar uma classe C# e usar new para criar novas instâncias da mesma

Quantidade de visualizações: 15741 vezes
Esta dica mostra a você, rapidamente, como criar uma classe C# e usar a palavra-chave new para instanciar objetos a partir desta classe. Comece analisando o código para a classe Pessoa (Pessoa.cs):

public class Pessoa{ 
  public String nome;
......


Salve o código como Pessoa.cs. Esta classe possui apenas duas propriedades: nome e idade. Lembre-se que uma classe é composta de propriedades e métodos (funções). Veja agora como criamos um objeto desta classe e acessamos sua propriedade nome:

 
static void Main(string[] args){ 
  // cria um objeto da classe Pessoa
  Pessoa p = new Pessoa();
......


Observe o uso da palavra-chave new para reservar memória para o objeto da classe sendo criado na instrução:

 
Pessoa p = new Pessoa();
......


Observe também o uso do operador "." (ponto). Este operador é usado para acessarmos as propriedades e métodos presentes nos objetos das classes em C#.


C++ ::: STL (Standard Template Library) ::: Vector C++

Como retornar a quantidade de elementos em um vector do C++ usando a função size()

Quantidade de visualizações: 6989 vezes
Em algumas situações nós precisamos obter o tamanho, ou seja, a quantidade de elementos contidos em um container vector da STL (Standard Template Library). Isso pode ser feito por meio da função-membro size(). Veja sua assinatura:

size_type size() const;


Aqui size_type é um tipo integral sem sinal. Veja um exemplo no qual obtemos a quantidade de elementos atualmente no vector:

#include <cstdlib>
#include <iostream>
#include <vector>

using namespace std;

int main(int argc, char *argv[]){
  // um vector vazio que conterá inteiros
  vector<int> valores;

  // vamos inserir três elementos
  valores.push_back(54);
  valores.push_back(13);
  valores.push_back(87);
......


Ao executar este código C++ nós teremos o seguinte resultado:

O vector contém 3 elementos.

Note que o número de elementos em um vector é diferente de sua capacidade. Um vector pode ter uma capacidade de 10 elementos mas conter apenas 3 elementos no momento. A capacidade de um vector é aumentado automaticamente à medida que novos elementos são adicionados.


Desafios, Exercícios e Algoritmos Resolvidos de C++

Veja mais Dicas e truques de C++

Dicas e truques de outras linguagens

Códigos Fonte

Programa de Gestão Financeira Controle de Contas a Pagar e a Receber com Cadastro de Clientes e FornecedoresSoftware de Gestão Financeira com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - Inclui cadastro de clientes, fornecedores e ticket de atendimento
Diga adeus às planilhas do Excel e tenha 100% de controle sobre suas contas a pagar e a receber, gestão de receitas e despesas, cadastro de clientes e fornecedores com fotos e histórico de atendimentos. Código fonte completo e funcional, com instruções para instalação e configuração do banco de dados MySQL. Fácil de modificar e adicionar novas funcionalidades. Clique aqui e saiba mais
Controle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidadesControle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidades
Tenha o seu próprio sistema de controle de estoque web. com cadastro de produtos, categorias, fornecedores, entradas e saídas de produtos, com relatórios por data, margem de lucro e muito mais. Código simples e fácil de modificar. Acompanha instruções para instalação e criação do banco de dados MySQL. Clique aqui e saiba mais

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: Python
3º lugar: C#
4º lugar: PHP
5º lugar: Delphi
6º lugar: C
7º lugar: JavaScript
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: Ruby



© 2024 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados
Neste momento há 15 usuários muito felizes estudando em nosso site.