Você está aqui: Ruby ::: Dicas & Truques ::: Matemática e Estatística

Como calcular porcentagem em Ruby - Como efetuar cálculos de porcentagem em Ruby

Quantidade de visualizações: 162 vezes
Cálculos de porcentagens estão presentes em boa parte das aplicações que desenvolvemos. Porém, há momentos em que a mente trava e não conseguimos lembrar com clareza como estes cálculos são feitos, principalmente em Ruby.

Esta anotação tem o objetivo de ser uma fonte de pesquisa para os momentos em que suas habilidades matemáticas insistirem em continuar ocultas.

Ex: 1 - Suponhamos que um produto que custe R$ 178,00 sofra um acréscimo de 15%. Qual o valor final do produto? Veja o código em Ruby:

# Algoritmo que calcula porcentagem em Ruby

valor = 178.00 # valor original
percentual = 15.0 / 100.0 # 15%
valor_final = valor + (percentual * valor)
......


Ex: 2 - Um produto, cujo valor original era de R$ 250,00, teve um desconto de 8%. Qual foi seu valor final? Veja o código em Ruby:

# Algoritmo que calcula porcentagem em Ruby

valor = 250.00 # valor original
percentual = 8.0 / 100.0 # 8%
valor_final = valor - (percentual * valor)
......


Ex: 3 - Em um concurso de perguntas e respostas, um jovem acertou 72 das 90 perguntas apresentadas. Qual foi a porcentagem de acertos? E a porcentagem de erros? Veja o código em Ruby:

# Algoritmo que calcula porcentagem em Ruby

perguntas = 90.0
acertos = 72.0

# mostra a porcentagem de acertos
printf("Porcentagem de acertos: %f%%", (acertos \
  / perguntas) * 100)
......


Ex: 4 - Um aparelho de CD foi adquirido por R$ 300,00 e revendido por R$ 340,00. Qual foi a porcentagem de lucro na transação? Veja o código em Ruby:

# Algoritmo que calcula porcentagem em Ruby

valor_anterior = 300.0 # valor anterior
novo_valor = 340.0 # valor novo

# calcula a porcentagem de lucro
# efetua o cálculo
......


Ex: 5 - Uma loja repassa 5% do lucro a seus vendedores. Se um produto custa R$ 70,00, qual o valor em reais repassado a um determinado vendedor? Veja o código em Ruby:

# Algoritmo que calcula porcentagem em Ruby

valor = 70.0 # valor do produto
percentual = 5.0 / 100.0 # 5%

# calcula a comissão
comissao = percentual * valor
......


Link para compartilhar na Internet ou com seus amigos:

C++ ::: STL (Standard Template Library) ::: Vector C++

Como criar um vector de inteiros em C++ e inserir elementos usando a função push_back()

Quantidade de visualizações: 7241 vezes
Este exemplo mostra como declarar um objeto da classe container vector da STL (Standard Template Library), inserir alguns inteiros usando a função push_back() e percorrê-los usando um iterador.

Veja o código completo:

#include <cstdlib>
#include <iostream>
#include <vector>

using namespace std;

int main(int argc, char *argv[]){
  // um vector vazio que conterá inteiros
  vector<int> valores;

  // vamos inserir três elementos
  valores.push_back(54);
  valores.push_back(13);
......


Ao executar este código C++ nós teremos o seguinte resultado:

54
13
87


Python ::: Dicas & Truques ::: Lista (List)

Vetores e matrizes em Python - Como inserir itens em posições aleatórias de uma lista

Quantidade de visualizações: 9147 vezes
Este exemplo mostra como adicionar itens em posições aleatórias de uma lista Python. Note como usamos o método insert() da classe List passando um valor randômico para o índice no qual o novo elemento será inserido.

Veja o código completo para a dica:

# vamos importar o módulo random
import random

def main():
  # cria uma lista vazia
  valores = []
 
  # início do laço for
  for i in range(1, 11):
    valor = int(input("Informe um inteiro: "))
   
    if(len(valores) == 0):
      valores.insert(0, valor)
    else:
......


Ao executarmos este código Python nós teremos o seguinte resultado:

Informe um inteiro: 9
Valores na lista: [9]

Informe um inteiro: 3
Valores na lista: [3, 9]

Informe um inteiro: 2
Valores na lista: [2, 3, 9]

Informe um inteiro: 8
Valores na lista: [2, 3, 8, 9]

Informe um inteiro: 10
Valores na lista: [10, 2, 3, 8, 9]

Informe um inteiro: 18
Valores na lista: [18, 10, 2, 3, 8, 9]

Informe um inteiro: 30
Valores na lista: [18, 10, 30, 2, 3, 8, 9]

Informe um inteiro: 60
Valores na lista: [18, 10, 30, 2, 3, 8, 60, 9]

Informe um inteiro: 67
Valores na lista: [18, 10, 67, 30, 2, 3, 8, 60, 9]

Informe um inteiro: 82
Valores na lista: [18, 10, 67, 30, 2, 3, 8, 82, 60, 9]


Java ::: Dicas & Truques ::: Programação Orientada a Objetos

Como usar encapsulamento em Java - Programação Orientada a Objetos em Java

Quantidade de visualizações: 37593 vezes
Encapsulamento é a técnica de transformar os objetos que compõem uma aplicação em verdadeiras caixas-pretas. De fato, se pensarmos em termos de informática, é possível para um usuário comum usar todas as funcionalidades de uma impressora sem nem mesmo entender seu funcionamento interno. Imagine o desastre que seria se todos os usuários resolvessem abrir suas impressoras para investigar o que há dentro delas.

Da mesma forma, ao construir uma classe, devemos fazê-lo de forma que o usuário desta classe tenha acesso apenas aos métodos que permitem ler informações da classe ou fornecer os dados necessários para sua correta operação. Dados relativos ao funcionamento interno da classe devem permanecer ocultos e acessíveis somente aos métodos da própria classe.

O encapsulamento deve ser aplicado de forma a permitir que alterações na estrutura interna de uma classe não prejudique o funcionamento do código externo que a usa. Veja um exemplo:

 
  class Pedido{
    public List obterProdutos(){
      // monta uma lista de produtos
......


A classe Pedido contém um método chamado obterProdutos() que retorna uma lista de produtos pertencentes a um determinado pedido. É aqui que o encapsulamento se torna importante. O código que usa esta classe desconhece completamente como esta lista de produtos é montada. Tudo que nos interessa é a lista de produtos que o método retorna. O programador da classe pode decidir a qualquer momento, talvez para melhorar o desempenho da classe, alterar a forma de montagem da lista. Uma vez que o nome e retorno do método (incluindo a estrutura da lista retornada) continuem sendo os mesmos, o código que usa a classe continuará funcionando como anteriormente.


Delphi ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como trabalhar com strings em Delphi - Como usar strings na linguagem Delphi

Quantidade de visualizações: 27855 vezes
Strings estão presentes em praticamente todos os programas que desenvolvemos, não importa a linguagem de programação usada. Sempre que queremos trabalhar com nomes de pessoas, nomes de cidades, palavras, frases e textos, as strings estão lá para nos auxiliar. Assim, para as linguagens de programação, as strings são apenas matrizes de caracteres (letras ou símbolos).

Em Delphi podemos declarar e inicializar strings da seguinte forma:

procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
var
  nome: string; // declara uma variável do tipo string
begin
......


Quando declaramos uma string em Delphi usando a palavra-chave string, o compilador automaticamente assume o tipo UnicodeString, com uma capacidade de 2^30 caracteres (mais ou menos 1.073.741.824 caracteres) com uma capacidade variando de 4 bytes até 2GB.

Além do tipo string, o Delphi suporta outros tipos que possibilitam também o trabalho com strings e caracteres. Entre eles podemos citar ShortString, AnsiString, WideString entre outros. Quando puder dê mais uma revisada nas minha dicas sobre strings e caracteres para aprender mais.

É possível também usar o tipo string para criar strings com tamanhos pré-definidos. Veja:

var
  nome: string[5]; // declara uma variável do tipo string
......


Aqui temos uma string que não suportará mais que cinco caracteres. Importante notar que, internamente, teremos agora uma string do tipo ShortString e não mais UnicodeString como anteriormente. Se tentarmos atribuir mais que cinco caracteres nesta variável, o restante será truncado:

nome := 'Osmar J. Silva'; // inicializa a variável
......


Para finalizar, veja como podemos solicitar ao usuário que informe seu nome e exibí-lo usando a função ShowMessage():

procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
var
  nome: string; // declara uma variável do tipo string
begin
  // vamos solicitar ao usuário que informe seu nome
......


Para questões de compatibilidade, esta dica foi escrita usando Delphi 2009.


Java ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Java para iniciantes - Como usar o método trim() da classe String para remover espaços antes e depois de uma palavra, frase ou texto

Quantidade de visualizações: 14517 vezes
Em várias ocasiões precisamos tratar textos lidos de arquivos ou informados pelo usuário. Como parte desse tratamento precisamos remover os espaços antes e depois da palavra, frase ou texto informado ou lido.

Para isso podemos usar o método trim() da classe String. Este método recebe como argumento uma string e retorna outra string com os espaços já removidos.

Veja um exemplo completo de seu uso:

// Este exemplo mostra como remover espaços do início
// e fim de uma string
 
public class Estudos{
  public static void main(String[] args){
    String frase = " Programar em Java é bom demais. ";
......


Este exemplo foi revisado e testado no Java 8.


Desafios, Exercícios e Algoritmos Resolvidos de Java

Veja mais Dicas e truques de Java

Dicas e truques de outras linguagens

Códigos Fonte

Programa de Gestão Financeira Controle de Contas a Pagar e a Receber com Cadastro de Clientes e FornecedoresSoftware de Gestão Financeira com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - Inclui cadastro de clientes, fornecedores e ticket de atendimento
Diga adeus às planilhas do Excel e tenha 100% de controle sobre suas contas a pagar e a receber, gestão de receitas e despesas, cadastro de clientes e fornecedores com fotos e histórico de atendimentos. Código fonte completo e funcional, com instruções para instalação e configuração do banco de dados MySQL. Fácil de modificar e adicionar novas funcionalidades. Clique aqui e saiba mais
Controle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidadesControle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidades
Tenha o seu próprio sistema de controle de estoque web. com cadastro de produtos, categorias, fornecedores, entradas e saídas de produtos, com relatórios por data, margem de lucro e muito mais. Código simples e fácil de modificar. Acompanha instruções para instalação e criação do banco de dados MySQL. Clique aqui e saiba mais

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: Python
3º lugar: C#
4º lugar: PHP
5º lugar: Delphi
6º lugar: C
7º lugar: JavaScript
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: Ruby



© 2024 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados
Neste momento há 35 usuários muito felizes estudando em nosso site.