Você está aqui: Python ::: NumPy Python Library (Biblioteca Python NumPy) ::: Arrays e Matrix (Vetores e Matrizes)

Como retornar o índice do menor elemento em um array da NumPy do Python usando a função argmin()

Quantidade de visualizações: 129 vezes
Nesta dica mostrarei como podemos usar a função argmin() da biblioteca NumPy do Python para retornar o índice do menor valor contido no vetor. Note que os índices dos arrays da NumPy começam sempre em 0 (zero).

Veja o código Python completo para o exemplo:

# vamos importar o módulo NumPy
import numpy as np

# função principal do programa Python
def main():
  # vamos criar um array de inteiros
  valores = [6, 10, 3, 9, 4, 11]

  # vamos mostrar o vetor gerado
  print("Os elementos do vetor são: {0}".format(valores))
......


Ao executarmos este código Python nós teremos o seguinte resultado:

Os elementos do vetor são: [6, 10, 3, 9, 4, 11]
O índice do menor elemento é: 2

Link para compartilhar na Internet ou com seus amigos:

C++ ::: Dicas & Truques ::: Programação Orientada a Objetos

Programação Orientada a Objetos em C++ - Como usar construtores em suas classes C++

Quantidade de visualizações: 15567 vezes
Quando um objeto de uma classe C++ é criado, a linguagem chama um construtor para tal classe. Se nenhum construtor estiver definido, um construtor padrão é invocado. Este construtor aloca memória para o objeto, mas não o inicializa.

Um construtor é um método que definimos em nossas classes C++ e que possui o mesmo nome da classe. Um construtor não possui tipo de retorno e não retorna nenhum valor. Em geral construtores são públicos, mas, é possível termos construtores privados. Neste caso, somente um método estático da classe poderia criar novos objetos da classe (quando puder dê uma olhada no padrão de projeto Singleton).

O uso mais frequente dos métodos construtores é quando queremos inicializar valores das variáveis e demais recursos no momento da criação de uma nova instância da classe. Esta é uma técnica útil, visto que não precisamos dispor de esforço extra para inicializar as variáveis de instância de um objeto, individualmente, após sua criação.

Vamos ver um exemplo da definição e uso de construtores em uma classe C++? Comece analisando o código para o arquivo de definição da classe Pessoa:

Código para Pessoa.h:

// vamos evitar múltiplas inclusões do
// arquivo de cabeçalho (header file)
#ifndef PESSOA_H
#define PESSOA_H

// vamos incluir o header string
#include <string>

using namespace std;

class Pessoa{
  public:
    // construtor da classe Pessoa
    Pessoa(string, string, int);
    // método que permite retornar o nome da pessoa
......


Veja a assinatura do método construtor:

Pessoa(string, string, int);

Note que na lista de parâmetros do construtor não precisamos informar os nomes dos parâmetros, apenas seus tipos. Veja agora o arquivo de implementação para esta classe:

Código para Pessoa.cpp:

// arquivo de implementação para a 
// classe Pessoa

// vamos incluir o header Pessoa.h
#include "Pessoa.h"

// implementação do construtor
Pessoa::Pessoa(string nome, string email, int idade){
  this->nome = nome;
  this->email = email;
  this->idade = idade;
}

// método que permite obter o nome da pessoa
......


Note que na implementação do método construtor nós recebemos os argumentos para os parâmetros e os usamos para inicializar as variáveis privadas da instância da classe. Observe o uso do ponteiro this para nos referirmos à instância atual da classe Pessoa.

Finalmente, veja o código para o método main() do programa. É aqui que criamos um novo objeto da classe Pessoa e usamos seu método construtor para inicializar suas variáveis privadas de uma só vez:

Código para main.cpp:

#include <cstdlib>
#include <iostream>

// vamos incluir a classe Pessoa
#include "Pessoa.h"

using namespace std;

int main(int argc, char *argv[])
{
    // vamos criar um novo objeto da classe Pessoa
    Pessoa *p = new Pessoa("Osmar J. Silva", 
      "osmar@arquivodecodigos.net", 38);    
......


Além do construtor, uma classe C++ possui também um método destrutor. Veja minhas dicas relacionadas a este assunto para aprender como definir e usar destrutores em suas classes C++.


C# ::: Dicas & Truques ::: Data e Hora

Como obter a quantidade de dias em um determinado mês usando o método GetDaysInMonth() da classe GregorianCalendar do C#

Quantidade de visualizações: 11752 vezes
Em algumas situações precisamos saber quantos dias há em um determinado mês. Para isso podemos usar o método GetDaysInMonth() da classe Calendar (ou alguma de suas subclasses). Este método recebe dois valores inteiros: o ano e o mês desejado.

Na classe GregorianCalendar (que extende Calendar) o método GetDaysInMonth() retorna 28 para os anos comuns e 29 para os anos bissextos.

Veja um trecho de código no qual usamos o método GetDaysInMonth() para obter a quantidade de dias para o mês de Março de 2009:

static void Main(string[] args){
  // using System.Globalization;

  // obtém uma instância da classe GregorianCalendar
  Calendar c = new GregorianCalendar();

  // obtém a quantidade de dias para março de 2009
......


Note, contudo, que o mesmo resultado pode ser obtido por meio do calendário padrão independente de cultura, desde que as regiões as quais o programa se destina tenham compatibilidade de calendários:

Calendar c = CultureInfo.InvariantCulture.Calendar;
......


O método GetDaysInMonth() pode atirar uma exceção do tipo ArgumentOutOfRangeException se os valores do ano ou mês estiverem fora das faixas permitidas pelo calendário. Veja:

System.ArgumentOutOfRangeException was unhandled
  Message="Month must be between one and twelve.
   Parameter name: month"
  Source="mscorlib"
  ParamName="month"



Java ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como contar as ocorrências de uma substring em uma string do Java usando o método substring() e um laço for

Quantidade de visualizações: 10729 vezes
Nesta dica mostrarei como podemos usar o método substring() da classe String, combinado com o laço for, para contar as ocorrências de uma substring em uma string da linguagem Java. Note que usamos também os métodos length() e equals() para completar a tarefa.

Veja o código Java completo para o exemplo:

package estudos;

public class Estudos{
  public static void main(String[] args){
    // vamos criar uma string representando uma frase
    String frase = "Programar em Java só é melhor que programar em Java";
    
    // a substring que vamos pesquisar
    String sub = "Java"; // ocorrências de "Java"
    
    // quantidade de ocorrências
    int cont = 0;
    
    // um laço for que vai de 0 até o tamanho da primeira string menos
......


Ao executar este código Java nós teremos o seguinte resultado:

A frase contém 2 ocorrências de Java


PHP ::: Dicas & Truques ::: Arquivos e Diretórios

Como verificar se um arquivo existe usando a função file_exists() do PHP

Quantidade de visualizações: 12587 vezes
Em algumas situações nós precisamos verificar a existência de um arquivo ou diretório no sistema de arquivos de um determinado site. Para isso nós podemos usar a função file_exists() da linguagem PHP.

Esta função retorna um valor true se o arquivo ou diretório existir no caminho especificado, e false em caso contrário.

Veja um exemplo completo de seu uso:

<?php
// pesquisa no diretório atual
$arquivo = "testes.txt";

if(file_exists($arquivo)){
  echo "O arquivo já existe.";
......


Ao executar este código PHP nós teremos o seguinte resultado:

O arquivo já existe.


Lisp ::: Desafios e Lista de Exercícios Resolvidos ::: Lisp Básico

Exercícios Resolvidos de Lisp - Como calcular a soma, o produto, a diferença e o quociente de dois números inteiros informados pelo usuário

Quantidade de visualizações: 720 vezes
Pergunta/Tarefa:

Escreva um programa Common Lisp que pede para o usuário informar dois número inteiros. Em seguida mostre a soma, o produto, a diferença e o quociente dois dois números informados.

Sua saída deverá ser parecida com:

Informe o primeiro número: 8
Informe o segundo número: 3
A soma dos números é: 11
O produto dos números é: 24
A diferença dos números é: 5
O quociente dos números é: 2.66667
Resposta/Solução:

Veja a resolução comentada deste exercício usando Common Lisp:

; Este é o programa principal
(defun Exercicio()
  ; Variáveis usadas na resolução do problema
  (let ((n1)(n2)(soma)(produto)
    (diferenca)(quociente))
    ; Vamos ler os dois números
    (princ "Informe o primeiro número: ")
    ; talvez o seu compilador não precise disso
    (force-output)
    ; atribui o valor lido à variável n1
    (setq n1 (read))
    (princ "Informe o segundo número: ")
    ; talvez o seu compilador não precise disso
    (force-output)
    ; atribui o valor lido à variável n2
    (setq n2 (read))
  
    ; vamos somar os dois números
......



Mais Desafios de Programação e Exercícios e Algoritmos Resolvidos de Lisp

Veja mais Dicas e truques de Lisp

Dicas e truques de outras linguagens

Códigos Fonte

Programa de Gestão Financeira Controle de Contas a Pagar e a Receber com Cadastro de Clientes e FornecedoresSoftware de Gestão Financeira com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - Inclui cadastro de clientes, fornecedores e ticket de atendimento
Diga adeus às planilhas do Excel e tenha 100% de controle sobre suas contas a pagar e a receber, gestão de receitas e despesas, cadastro de clientes e fornecedores com fotos e histórico de atendimentos. Código fonte completo e funcional, com instruções para instalação e configuração do banco de dados MySQL. Fácil de modificar e adicionar novas funcionalidades. Clique aqui e saiba mais
Controle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidadesControle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidades
Tenha o seu próprio sistema de controle de estoque web. com cadastro de produtos, categorias, fornecedores, entradas e saídas de produtos, com relatórios por data, margem de lucro e muito mais. Código simples e fácil de modificar. Acompanha instruções para instalação e criação do banco de dados MySQL. Clique aqui e saiba mais

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: Python
3º lugar: C#
4º lugar: PHP
5º lugar: Delphi
6º lugar: C
7º lugar: JavaScript
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: Ruby



© 2024 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados
Neste momento há 17 usuários muito felizes estudando em nosso site.