Controle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidadesControle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidades
Tenha o seu próprio sistema de controle de estoque web. com cadastro de produtos, categorias, fornecedores, entradas e saídas de produtos, com relatórios por data, margem de lucro e muito mais. Código simples e fácil de modificar. Acompanha instruções para instalação e criação do banco de dados MySQL. Clique aqui e saiba mais
Lista de Exercícios Resolvidos: Java | Python | VisuAlg | Portugol | C | C# | VB.NET | C++
Você está aqui: Java ::: Classes e Componentes ::: JComponent

Java Avançado - Como testar se uma classe herda de JComponent

Quantidade de visualizações: 8390 vezes
Nesta dica mostrarei como podemos tirar proveito dos métodos getClass(), getSuperclass() e getName() da classe Class para verificarmos se uma determinada classe herda da classe JComponent.

Embora este exemplo busque relacionar controles do Java Swing, a técnica usada pode ser aplicada em qualquer classe da linguagem Java.

Veja o código completo:

package arquivodecodigos;

import javax.swing.*;
 
public class Estudos{
  public static void main(String args[]){
    // verifica se JLabel herda de JComponent
    JLabel label = new JLabel("Teste");
    if(herdaJComponent(label)){
      System.out.println("JLabel herda de JComponent");
    }
    else{
      System.out.println(
        "JLabel não herda de JComponent");
    }
 
    // verifica se Timer herda de JComponent
    java.util.Timer timer = new java.util.Timer();
    if(herdaJComponent(timer)){
      System.out.println(
        "java.util.Timer herda de JComponent");
    }
    else{
      System.out.println(
        "java.util.Timer não herda de JComponent");
    }
 
    System.exit(0);
  }
 
  static boolean herdaJComponent(Object obj){
    Class cls = obj.getClass();
    Class superclass = cls.getSuperclass();
    while(superclass != null){
      String className = superclass.getName();
       
      if(className.equals("javax.swing.JComponent")){
        return true;
      }
 
      cls = superclass;
      superclass = cls.getSuperclass();
    }
 
    return false;
  }
}

Ao executarmos este código nós teremos o seguinte resultado:

JLabel herda de JComponent
java.util.Timer não herda de JComponent

Link para compartilhar na Internet ou com seus amigos:

C++ ::: Fundamentos da Linguagem ::: Tipos de Dados

Como usar o tipo de dados long ou long int da linguagem C++

Quantidade de visualizações: 21953 vezes
O tipo de dados long (também chamado de long int) da linguagem C++ é uma variação do tipo int e geralmente possui a mesma capacidade de armazenamento deste. Nós o usamos quando queremos representar números inteiros, ou seja, sem partes fracionárias, assim como int. É importante verificar se o seu compilador trata int e long da mesma forma. Veja um trecho de código demonstrando o uso deste tipo (note que estes estudos foram feitos no Windows XP - 32 bits - usando Dev-C++):

#include <iostream>

using namespace std;

int main(int argc, char *argv[]){
  // declara uma variável do tipo long
  long quant = 590;

  cout << "Quantidade: " << quant << "\n\n";

  system("PAUSE"); // pausa o programa
  return EXIT_SUCCESS;
}

Veja que a maioria dos compiladores C++ não faz distinção entre os tipos long e long int. A capacidade de armazenamento do tipo long depende da arquitetura na qual o programa está sendo executado. Uma forma muito comum de descobrir esta capacidade é usar os símbolos LONG_MIN e LONG_MAX, definidos no header climits (limits.h). Veja:

#include <iostream>

using namespace std;

int main(int argc, char *argv[]){
  cout << "Valor mínimo: " << LONG_MIN << "\n";
  cout << "Valor máximo: " << LONG_MAX << "\n\n";

  system("PAUSE"); // pausa o programa
  return EXIT_SUCCESS;
}

Ao executar este programa você terá um resultado parecido com:

Valor mínimo: -2147483648
Valor máximo: 2147483647

Veja que o tipo long aceita valores positivos e negativos. Tudo que você tem a fazer é tomar todo o cuidado para que os valores atribuidos a variáveis deste tipo não ultrapassem a faixa permitida. Veja um trecho de código que provoca o que chamamos de transbordamento (overflow):

#include <iostream>

using namespace std;

int main(int argc, char *argv[]){
  long soma = LONG_MAX + 2;

  cout << "Resultado: " << soma << "\n";

  system("PAUSE"); // pausa o programa
  return EXIT_SUCCESS;
}

Este programa exibirá o seguinte resultado:

Resultado: -2147483647

Note que este não é o resultado esperado, visto que LONG_MAX + 2 deveria retornar:

2147483647 + 2 = 2147483649

Porém, como o valor máximo que pode ser armazenado em um long é 2147483647, o procedimento adotado pelo compilador foi tornar o número negativo e subtrair 1. É claro que, se você testar este código em arquiteturas diferentes o resultado poderá ser diferente do exemplificado aqui.

Em termos de bytes, é comum o tipo long ser armazenado em 4 bytes, o que resulta em 32 bits (um byte é formado por 8 bits, lembra?). Veja um trecho de código que mostra como usar o operador sizeof() para determinar a quantidade de bytes necessários para armazenar um variável do tipo long:

#include <iostream>

using namespace std;

int main(int argc, char *argv[]){
  cout << "Tamanho de um long: " << sizeof(long)
    << " bytes\n\n";

  system("PAUSE"); // pausa o programa
  return EXIT_SUCCESS;
}

O resultado da execução deste código será algo como:

Tamanho de um long: 4 bytes



C ::: Dicas & Truques ::: Matemática e Estatística

Como calcular MDC em C

Quantidade de visualizações: 23138 vezes
Atualmente a definição de Máximo Divisor Comum (MDC) pode ser assim formalizada:

Sejam a, b e c números inteiros não nulos, dizemos que c é um divisor comum de a e b se c divide a (escrevemos c|a) e c divide b (c|b). Chamaremos D(a,b) o conjunto de todos os divisores comum de a e b.

O trecho de código abaixo mostra como calcular o MDC de dois números informados:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
#include <locale.h>

// função que recebe dois inteiros e retorna
// o Máximo Divisor Comum dos dois 
int MDC(int a, int b){
  int resto;
 
  while(b != 0){
    resto = a % b;
    a = b;
    b = resto;
  }
 
  return a;
} 
 
int main(int argc, char *argv[]){
  int x, y;
	
  setlocale(LC_ALL,""); // para acentos do português
	
  printf("Este programa permite calcular o MDC\n");
  printf("Informe o primeiro número: ");
  scanf("%d", &x);
  printf("Informe o segundo número: ");
  scanf("%d", &y);
 
  printf("O Máximo Divisor Comum de %d e %d é %d",
    x, y, MDC(x, y));
  
  printf("\n\n");
  system("pause");
  return 0;
}

Ao executar este código C nós teremos o seguinte resultado:

Este programa permite calcular o MDC
Informe o primeiro número: 12
Informe o segundo número: 9
O Máximo Divisor Comum de 12 e 9 é 3


Ruby ::: Desafios e Lista de Exercícios Resolvidos ::: Arrays e Matrix (Vetores e Matrizes)

Exercício Resolvido de Ruby - Como percorrer os elementos de um array em Ruby usando a função each

Quantidade de visualizações: 336 vezes
Pergunta/Tarefa:

Dado o seguinte array de int:

# vamos criar um array com 5 elementos
valores = [8, 3, 10, 4, 7]
Escreva um programa Ruby que usa a função each para percorrer os elementos deste array e exibir seus valores, todos na mesma linha e separados por espaço.

Sua saída deverá ser parecida com:

8 3 10 4 7
Resposta/Solução:

Veja a resolução comentada deste exercício usando Ruby:

# vamos criar um array com 5 elementos
valores = [8, 3, 10, 4, 7]

# vamos usar a função each para percorrer
# os itens do array e exibir seus valores
valores.each { | valor | print valor.to_s + " " }

Veja agora essa mesma resolução usando uma pequena variação, dessa vez usando each...do:

# vamos criar um array com 5 elementos
valores = [8, 3, 10, 4, 7]

# vamos usar a função each para percorrer
# os itens do array e exibir seus valores
valores.each do | valor |
  print valor.to_s + " "
end



PHP ::: PHP + MySQL ::: MySQL Improved Extension (mysqli)

Como obter a quantidade de colunas de uma tabela - Como usar a função mysqli_field_count() para contar os campos de uma tabela - Revisado

Quantidade de visualizações: 10521 vezes
Em algumas situações nós precisamos obter a quantidade de campos retornados como resultado de uma consulta SQL DML SELECT a uma determinada tabela do banco de dados. Para isso nós podemos usar o atributo field_count e a função mysqli_field_count().

A função mysqli_field_count() é usada no modo procedural, enquanto field_count é usada no modo orientado a objetos. Vamos começar com mysqli_field_count(). Veja o exemplo a seguir:

<?
  // vamos efetuar a conexão com o banco
  $con = new mysqli("localhost", "root",
    "osmar1234", "estudos");
  
  // conexão efetuada com sucesso?
  if($con->connect_errno){
    echo "Não foi possível efetuar a conexão: " . 
      $mysqli->connect_error;
    exit(); // vamos sair daqui 
  }   
 
  // obtém a quantidade de colunas de uma determinada tabela
  $query = "SELECT * FROM produtos";
  $result = mysqli_query($con, $query);
  echo "Esta tabela (retornada) possui " . 
    mysqli_field_count($con) . " colunas";
  
  // vamos fechar a conexão
  mysqli_close($con);
?>

Ao executarmos este código nós teremos um resultado parecido com:

Esta tabela (retornada) possui 4 colunas

Veja agora o mesmo exemplo usando a abordagem de programação orientada a objetos:

<?
  // vamos efetuar a conexão com o banco
  $con = new mysqli("localhost", "root",
    "osmar1234", "estudos");
  
  // conexão efetuada com sucesso?
  if($con->connect_errno){
    echo "Não foi possível efetuar a conexão: " . 
      $con->connect_error;
    exit(); // vamos sair daqui 
  }   
 
  // obtém a quantidade de colunas de uma determinada tabela
  $con->query("SELECT * FROM produtos");  
  echo "Esta tabela possui " . $con->field_count .
    " colunas";
  
  // vamos fechar a conexão
  $con->close();
?>

Esta dica foi revisada e atualizada para o PHP 8.


PHP ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

PHP para iniciantes - Como contar a quantidade de palavras em uma string usando as funções explode() e count() do PHP

Quantidade de visualizações: 20851 vezes
Em algumas situações nós precisamos obter a quantidade de palavras em uma frase ou texto. Para isso nós podemos combinar as funções explode() e count() da linguagem PHP. É importante, antes de efetuarmos esta tarefa, nos certificarmos de que a string sendo analisada não possui espaços em excesso. Se esse for o caso, veja nossas dicas e truques a respeito da remoção de espaços em excesso de uma frase ou texto.

Veja o código completo para o exemplo:

<html>
<head>
<title>Estudando PHP</title>
</head>
<body>

<?php
  $frase = "Gosto de programar em PHP";
  $palavras = explode(" ", $frase);
  echo "A frase \"" . $frase . "\" contém " . 
    count($palavras) . " palavras";
?>
 
</body>
</html>

Ao executarmos este código nós teremos o seguinte resultado:

A frase "Gosto de programar em PHP" contém 5 palavras


Desafios, Exercícios e Algoritmos Resolvidos de PHP

Veja mais Dicas e truques de PHP

Dicas e truques de outras linguagens

Códigos Fonte

Programa de Gestão Financeira Controle de Contas a Pagar e a Receber com Cadastro de Clientes e FornecedoresSoftware de Gestão Financeira com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - Inclui cadastro de clientes, fornecedores e ticket de atendimento
Diga adeus às planilhas do Excel e tenha 100% de controle sobre suas contas a pagar e a receber, gestão de receitas e despesas, cadastro de clientes e fornecedores com fotos e histórico de atendimentos. Código fonte completo e funcional, com instruções para instalação e configuração do banco de dados MySQL. Fácil de modificar e adicionar novas funcionalidades. Clique aqui e saiba mais
Controle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidadesControle de Estoque completo com código fonte em PHP, MySQL, Bootstrap, jQuery - 100% funcional e fácil de modificar e implementar novas funcionalidades
Tenha o seu próprio sistema de controle de estoque web. com cadastro de produtos, categorias, fornecedores, entradas e saídas de produtos, com relatórios por data, margem de lucro e muito mais. Código simples e fácil de modificar. Acompanha instruções para instalação e criação do banco de dados MySQL. Clique aqui e saiba mais

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: Python
3º lugar: C#
4º lugar: PHP
5º lugar: Delphi
6º lugar: C
7º lugar: JavaScript
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: Ruby

Anúncio Patrocinado
Chat de Sexo - Site para adultso - Maiores de 18 anos. Converse com pessoas de todo o Brasil, de forma discreta e anônima


© 2024 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados
Neste momento há 14 usuários muito felizes estudando em nosso site.