Você está aqui: Python ::: NumPy Python Library (Biblioteca Python NumPy) ::: Arrays e Matrix (Vetores e Matrizes)

Como criar um vetor de valores igualmente espaçados em Python usando a função arange() da biblioteca Numpy

Quantidade de visualizações: 105 vezes
A função arange() da biblioteca Numpy da linguagem Python pode ser usado quando queremos gerar um vetor de valores igualmente espaçados dentro de um intervalo. Esta técnica é muito útil quando estamos fazendo experimentos e simulações em Python.

Dentre os argumentos fornecidos para o método arange(), o único obrigatório é um valor inteiro ou decimal especificando o limite dos valores a serem gerados. Este valor não é incluindo na amostra, exceto em casos raros nos quais um decimal é fornecido e arredondamentos provocam a sua inclusão.

Vamos ver um exemplo? Eis um código Python que usa a função arange() para gerar 10 números inteiros igualmente espaçados:

# importamos a biblioteca NumPy
import numpy as np

def main():
  # vamos gerar um vetor de inteiros igualmente espaçados
  valores = np.arange(11)
 
  # agora exibidos o vetor retornado
  print(valores)

if __name__== "__main__":
  main()

Ao executar este código Python nós teremos o seguinte resultado:

[ 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10]

Note que o valor 11 não foi incluído na amostra. Antes de continuarmos, é importante observar que o retorno da função arange() é um objeto ndarray, a menos que especificado diferente no parâmetro dtytpe.

Agora já podemos falar sobre o primeiro parâmetro da função, a saber, start, que define o valor inicial da amostra (e é incluído). A ausência deste argumento faz com que a amostra comece em 0 (zero).

Vamos ver mais um exemplo?

# importamos a biblioteca NumPy
import numpy as np

def main():
  # vamos gerar um vetor de inteiros igualmente espaçados
  valores = np.arange(10, 21)
 
  # agora exibidos o vetor retornado
  print(valores)

if __name__== "__main__":
  main()


Ao executar este novo código Python nós teremos o seguinte resultado:

[10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20]

Note que agora a amostra incluiu valores que vão de 10 até 20.

Vamos agora, finalmente, ver como é possível incluir um valor de salto na amostra, ou seja, os elementos ainda estarão igualmente separados, mas observando esta distância. Veja:

# importamos a biblioteca NumPy
import numpy as np

def main():
  # vamos gerar um vetor de inteiros igualmente espaçados
  valores = np.arange(10, 21, 3)
 
  # agora exibidos o vetor retornado
  print(valores)

if __name__== "__main__":
  main()

Ao executar este código nós teremos o seguinte resultado:

[10 13 16 19]

Veja que o valor inicial continua sendo 10 e o valor final 20, porém agora temos um distância de valor 3 entre eles.


Python ::: Dicas & Truques ::: Lista (List)

Python para iniciantes - Como usar o tipo de dados list da linguagem Python

Quantidade de visualizações: 6844 vezes
O tipo de dados list é um dos quatro tipos de dados já incluídos no Python (sem a necessidade de importar outros módulos), a saber, tuple, set e dict (dictionary), cada um com qualidades e uso diferentes.

Uma list é uma sequência mutável e ordenada de itens. Os itens de uma list são objetos arbitrários e podem ser de diferentes tipos. Para especificar uma list, podemos usar uma série de expressões (os itens da lista) separadas por vírgulas e entre colchetes ([]). Opcionalmente podemos inserir uma vírgula redundante depois do último item. Para denotar uma lista vazia, use um par de colchetes. Veja alguns exemplos:

# uma list com nomes de pessoas
nomes = ['Carlos', 'Fabiana', 'Jorge']
print(nomes[0])
 
# uma list com valores inteiros
valores = [3, 7, 34, 0, 2]
print((valores[1] + valores[4]))
 
# uma lista vazia
lista = []
print(len(lista))

É possível também construir uma lista usando a palavra-chave list. Veja:

# função principal do programa
def main():
  # uma list com nomes de pessoas
  nomes = list(['Carlos', 'Fabiana', 'Jorge'])
  print("O nome escolhido é", nomes[0])
  
if __name__== "__main__":
  main()

Ao executar este último exemplo nós teremos o seguinte resultado:

O nome escolhido é Carlos


Python ::: Fundamentos da Linguagem ::: Estruturas de Controle

Python para iniciantes - Como usar a instrução break em Python

Quantidade de visualizações: 8685 vezes
A instrução break da linguagem Python é usada para interromper a execução de um laço for ou while. Observe que se o laço possuir um bloco else, este não será executado se a instrução break for usada.

Veja um exemplo de um laço for que é interrompido se o valor da variável de controle for 5:

# função principal do programa
def main():
  for i in range(0, 21):
    print(i)
    if i == 5:
      break
  
if __name__== "__main__":
  main()

Ao executarmos este código nós teremos o seguinte resultado:

0
1
2
3
4
5


Python ::: Dicas & Truques ::: Lista (List)

Como adicionar itens no início de uma lista Python usando a função insert()

Quantidade de visualizações: 5966 vezes
Podemos usar o método insert() do objeto List da linguagem Python para inserir itens em qualquer posição, ou seja, em qualquer índice de uma lista. Para isso só precisamos informar o índice desejado e o valor a ser inserido.

Nesta dica mostrarei como adicionar itens no início de uma List Python. Tudo que precisamos é informar o valor 0 para o índice. Veja o exemplo completo:

"""
  Este exemplo mostra como adicionar itens ao
  início de uma lista de inteiros.
"""

def main():
  # cria uma lista vazia
  valores = []
 
  # início do laço for
  for i in range(1, 6):
    valor = int(input("Informe um inteiro: "))
 
    # insere o valor no início da lista
    valores.insert(0, valor)
  # fim do laço for
 
  # exibe os valores da lista
  print("Valores na lista:", valores, "\n")

if __name__== "__main__":
  main()

Ao executar este código Python nós teremos o seguinte resultado:

Informe um inteiro: 5
Informe um inteiro: 8
Informe um inteiro: 3
Informe um inteiro: 2
Informe um inteiro: 9
Valores na lista: [9, 2, 3, 8, 5]


Python ::: Dicas & Truques ::: Lista (List)

Como adicionar itens ao final de uma lista de inteiros em Python usando a função append()

Quantidade de visualizações: 6968 vezes
O método append() é usado quando queremos adicionar um novo elemento no final de uma list Python. Esta função aceita qualquer tipo de elemento, ou seja, uma string, um number, um object, etc.

Veja um exemplo de seu uso no trecho de código a seguir:

"""
  Este exemplo mostra como adicionar itens ao
  fim de uma lista de inteiros.
"""
def main():
  # cria uma lista vazia
  valores = []

  # início do laço for
  for i in range(1, 6):
    valor = int(input("Informe um inteiro: "))

    # insere o valor no final da lista
    valores.append(valor)

  # exibe os valores da lista
  print("Valores na lista:", valores, "\n")
    
if __name__== "__main__":
  main()

Ao executar este código Python nós teremos o seguinte resultado:

Informe um inteiro: 7
Informe um inteiro: 2
Informe um inteiro: 9
Informe um inteiro: 3
Informe um inteiro: 6
Valores na lista: [7, 2, 9, 3, 6]


Python ::: NumPy Python Library (Biblioteca Python NumPy) ::: Arrays e Matrix (Vetores e Matrizes)

Como usar a propriedade shape do objeto ndarray da biblioteca NumPy do Python para obter a quantidade de linhas e colunas em um vetor ou matriz

Quantidade de visualizações: 546 vezes
Podemos usar a propriedade shape do objeto ndarray da biblioteca NumPy para obter a quantidade de linhas e colunas em um vetor ou matriz. Para um vetor, o retorno será a quantidade de colunas seguida por uma vírgula. Para matrizes, a propriedade retornará a quantidade de linhas e colunas. Veja:

# importamos a bibliteca NumPy
import numpy as np
 
def main():
  # vamos criar um vetor com 8 elementos
  vetor = np.array([5, 1, 10, 7, 2, 3, 9, 4])

  # vamos mostrar a quantidade de linhas e colunas nesse vetor
  print("Linhas e colunas no vetor:", vetor.shape)

  # agora vamos criar uma matriz de 2 linhas e 4 colunas
  matriz = np.array([[8, 51, 2, 35], [90, 42, 0, 71]])

  # vamos mostrar a quantidade de linhas e colunas nessa matriz
  print("Linhas e colunas na matriz:", matriz.shape) 

if __name__== "__main__":
  main()

Ao executarmos este código nós teremos o seguinte resultado:

Linhas e colunas no vetor: (8,)
Linhas e colunas na matriz: (2, 4)

Além de usar a propriedade shape do objeto ndarray, nós podemos também efetuar uma chamada ao método global shape() da NumPy. Veja:

# importamos a bibliteca NumPy
import numpy as np
 
def main():
  # vamos criar um vetor com 8 elementos
  vetor = np.array([5, 1, 10, 7, 2, 3, 9, 4])

  # vamos mostrar a quantidade de linhas e colunas nesse vetor
  print("Linhas e colunas no vetor:", np.shape(vetor))

  # agora vamos criar uma matriz de 2 linhas e 4 colunas
  matriz = np.array([[8, 51, 2, 35], [90, 42, 0, 71]])

  # vamos mostrar a quantidade de linhas e colunas nessa matriz
  print("Linhas e colunas na matriz:", np.shape(matriz)) 

if __name__== "__main__":
  main()

Execute e veja que o resultado é o mesmo para ambos os códigos.


Veja mais Dicas e truques de Python

Dicas e truques de outras linguagens

Quem Somos

Osmar J. Silva
WhatsApp +55 (062) 98553-6711

Goiânia-GO
Full Stack Developer, Professional Java Developer, PHP, C/C++, Python Programmer, wxWidgets Professional C++ Programmer, Freelance Programmer. Formado em Ciência da Computação pela UNIP (Universidade Paulista Campus Goiânia) e cursando Engenharia Elétrica pela PUC-Goiás. Possuo conhecimentos avançados de Java, Python, JavaScript, C, C++, PHP, C#, VB.NET, Delphi, Android, Perl, e várias tecnologias que envolvem o desenvolvimento web, desktop, front-end e back-end. Atuo há mais de 15 anos como programador freelancer, atendendo clientes no Brasil, Portugal, Argentina e vários outros paises.
Entre em contato comigo para, juntos, vermos em que posso contribuir para resolver ou agilizar o desenvolvimento de seus códigos.
José de Angelis
WhatsApp +55 (062) 98243-1195

Goiânia-GO
Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Delta, Pós graduado em Engenharia de Software (PUC MINAS), Pós graduado Marketing Digital (IGTI) com ênfase em Growth Hacking. Mais de 15 anos de experiência em programação Web. Marketing Digital focado em desempenho, desenvolvimento de estratégia competitiva, analise de concorrência, SEO, webvitals, e Adwords, Métricas de retorno. Especialista Google Certificado desde 2011 Possui domínio nas linguagens PHP, C#, JavaScript, MySQL e frameworks Laravel, jQuery, flutter. Atualmente aluno de mestrado em Ciência da Computação (UFG)
Não basta ter um site. É necessário ter um site que é localizado e converte usuários em clientes. Se sua página não faz isso, Fale comigo e vamos fazer uma analise e conseguir resultados mais satisfatórios..

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: C#
3º lugar: PHP
4º lugar: Delphi
5º lugar: Python
6º lugar: JavaScript
7º lugar: C
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: JSP (Java Server Pages)



© 2021 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados | Versión en Español | Versão em Português