Você está aqui: PHP ::: Dicas & Truques ::: Programação Orientada a Objetos

Programação Orientada a Objetos em PHP - Como criar e usar métodos estáticos em PHP

Quantidade de visualizações: 8098 vezes
Como já vimos em outras dicas desta seção, uma classe possui propriedades (variáveis) e métodos. Veja a seguinte declaração de uma classe Produto:

<?php
  // classe Produto com duas variáveis privadas e seus
  // correspondentes métodos mutatórios e acessórios
  class Produto{
    private $nome;
    private $preco;

    public function setNome($nome){
      $this->nome = $nome;
    }

    public function getNome(){
      return $this->nome;
    }

    public function setPreco($preco){
      $this->preco = $preco;
    }

    public function getPreco(){
      return $this->preco;
    }
  }
?>

Aqui cada instância da classe Produto terá suas próprias variáveis $nome e $preco e os métodos que permitem acesso e alteração destas variáveis também estão disponíveis a cada instância.

Há, porém, situações nas quais gostaríamos que um determinado método estivesse atrelado à classe e não à cada instância individual. Desta forma, é possível chamar um método de uma classe sem a necessidade da criação de instâncias da mesma.

Métodos estáticos em PHP podem ser criados por meio do uso da palavra-chave static. É comum tais métodos serem declarados com o modificador public, o que os torna acessíveis fora da classe na qual estes foram declarados. Veja um exemplo:

<?php
  // classe Pessoa com duas variáveis privadas e um método
  // estático
  class Pessoa{
    private $nome;
    private $idade;
    
    // um método estático que permite verificar a validade
    // de um número de CPF
    public static function isCPFValido($cpf){
      // alguma rotina aqui
      return true;
    }
  }

  // vamos efetuar uma chamada ao método isCPFValido() sem
  // criar uma instância da classe Pessoa
  if(Pessoa::isCPFValido("12345")){
    echo "CPF Válido";
  }
  else{
    echo "CPF inVálido";
  }
?>

Observe como acessamos o método isCPFValido() sem a necessidade da criação de uma instância da classe Pessoa. Note que, se quisermos chamar um método estático a partir de uma instância na qual ele está declarado, devemos usar self em vez de $this (ainda que esta última forma não provoque nenhum efeito colateral) para deixar bem claro que o método chamado pertence à classe e não às suas instâncias.

Finalmente note que um método estático não possui acesso à uma instância específica de uma classe por meio da referência $this (o que é compreensível, visto que uma chamada a um método estático não depende da existência de instâncias da classe que o declara). Ao tentarmos acessá-lo, teremos a seguinte mensagem de erro:

Fatal error: Using $this when not in object context in ...


PHP ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como testar se uma substring está contida em uma string usando a função strpos() do PHP

Quantidade de visualizações: 1995 vezes
Em algumas situações precisamos verificar se uma palavra (substring) está contida em uma frase (string). Isso pode ser feito com o auxílio da função strpos(). Veja um exemplo:

<?php
  $frase = "Gosto muito de PHP e Java";
  $palavra = "Java";
  
  // vamos verificar se a palavra Java está contida na frase
  if(strpos($frase, $palavra) !== false){
     echo "A palavra está contida na string";
  }
  else{
     echo "A palavra não está contida na string"; 
  }
?>

Ao executarmos este código nós teremos o seguinte resultado:

A palavra está contida na string

Note que a função strpos() diferencia maiúsculas de minúsculas. Se você quiser efetuar uma pesquisa de substrings desconsiderando maiúsculas e minúsculas, use a função stripos().


PHP ::: Dicas & Truques ::: Variáveis e Constantes

Como testar se uma variável é do tipo float (número de ponto-flutuante) usando as funções is_float() e is_real() do PHP

Quantidade de visualizações: 10012 vezes
Em algumas situações podemos querer saber se o tipo de uma variável é float, ou seja, contém um valor com casas decimais.

Este teste pode ser feito com o auxílio da função is_float() ou is_real(). Esta função retorna um valor true ou false dependendendo do tipo de variável sendo testada.

<?php
  $valor = 0.6;

  if(is_float($valor)){
    echo 'A variável $valor é do tipo float';
  }
?>

Ao executar este código PHP nós teremos o seguinte resultado:

A variável $valor é do tipo float


PHP ::: Dicas & Truques ::: Data e Hora

PHP para iniciantes - Como converter segundos para horas no formato HH:MM:SS usando a função gmdate() do PHP

Quantidade de visualizações: 17227 vezes
Nesta dica mostrarei o uso da função gmdate() da linguagem PHP para convertermos, de forma bem rápida, um determinado número de segundos em horas no formato HH:MM:SS. É claro que há uma infinidade de formas de se fazer isso em PHP. Porém, essa é uma das mais simples, pois não exige nenhum cálculo.

Veja o código completo para o exemplo:

<html>
<head>
<title>Estudando PHP</title>
</head>
<body>

<?php
  $segundos = 134;
  echo "$segundos segundos equivale a " .
    gmdate("H:i:s", $segundos);
?>
 
</body>
</html>

Ao executar este código nós teremos o seguinte resultado:

134 segundos equivale a 00:02:14


PHP ::: Fundamentos da Linguagem ::: Estruturas de Controle

Apostila PHP para iniciantes - Como criar um laço while infinito em PHP

Quantidade de visualizações: 8854 vezes
Um laço while() infinito pode ser criado em PHP simplesmente fornecendo o valor true para a condição do laço. Neste caso é preciso que você forneça uma forma de parar o laço, ou o script continuará executando até atingir seu tempo tempo máximo de execução, e um erro será exibido na página. Veja um trecho de código exemplificando o uso de um laço while infinito:

<?
  $valor = 5;
  
  while(true){
    echo $valor . "<br>";
    $valor++;
	
    if($valor > 10)
     break; // pára o laço
  }
?>



PHP ::: Dicas & Truques ::: Gráficos e Cores

Gráficos em PHP - Como criar imagens dinamicamente usando a função imagecreate() do PHP

Quantidade de visualizações: 10800 vezes
O primeiro passo para a criação de imagens dinâmicas em PHP é entender o funcionamento da função imagecreate(). Esta função retorna uma referência para uma imagem criada na memória com a largura e altura especificadas e na cor branca. Assim, tudo que temos a fazer é escrever ou desenhar nesta área branca e finalmente salvar ou enviar para o browser.

Veja um exemplo de código no qual criamos uma imagem PNG com a largura de 200 pixels e altura de 150 pixels. Note que a cor de fundo é azul e a cor do texto é branca:

<?
  // informamos ao browser que o conteúdo é uma imagem PNG
  header("Content-type: image/png");
  // criamos uma imagem com largura de 200 e altura de 150 pixels
  $imagem = imagecreate(200, 150);
  // cor de fundo será azul
  $cor_fundo = imagecolorallocate($imagem, 0, 0, 255);
  // cor do texto será branca
  $cor_texto = imagecolorallocate($imagem, 255, 255, 255);
  // escrevemos na imagem
  imagestring($imagem, 3, 10, 10,  "Arquivo de Códigos", $cor_texto);
  // mandamos para o browser
  imagepng($imagem);
  // liberamos a memória
  imagedestroy($imagem);
?>

Para visualizar este resultado, salve este código como imagem.php e use o nome deste arquivo na propriedade src de uma imagem em uma outra página. Veja:

<img src="imagem.php">



Veja mais Dicas e truques de PHP

Dicas e truques de outras linguagens

Quem Somos

Osmar J. Silva
WhatsApp +55 (062) 98553-6711

Goiânia-GO
Full Stack Developer, Professional Java Developer, PHP, C/C++, Python Programmer, wxWidgets Professional C++ Programmer, Freelance Programmer. Formado em Ciência da Computação pela UNIP (Universidade Paulista Campus Goiânia) e cursando Engenharia Elétrica pela PUC-Goiás. Possuo conhecimentos avançados de Java, Python, JavaScript, C, C++, PHP, C#, VB.NET, Delphi, Android, Perl, e várias tecnologias que envolvem o desenvolvimento web, desktop, front-end e back-end. Atuo há mais de 15 anos como programador freelancer, atendendo clientes no Brasil, Portugal, Argentina e vários outros paises.
Entre em contato comigo para, juntos, vermos em que posso contribuir para resolver ou agilizar o desenvolvimento de seus códigos.
José de Angelis
WhatsApp +55 (062) 98243-1195

Goiânia-GO
Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Delta, Pós graduado em Engenharia de Software (PUC MINAS), Pós graduado Marketing Digital (IGTI) com ênfase em Growth Hacking. Mais de 15 anos de experiência em programação Web. Marketing Digital focado em desempenho, desenvolvimento de estratégia competitiva, analise de concorrência, SEO, webvitals, e Adwords, Métricas de retorno. Especialista Google Certificado desde 2011 Possui domínio nas linguagens PHP, C#, JavaScript, MySQL e frameworks Laravel, jQuery, flutter. Atualmente aluno de mestrado em Ciência da Computação (UFG)
Não basta ter um site. É necessário ter um site que é localizado e converte usuários em clientes. Se sua página não faz isso, Fale comigo e vamos fazer uma analise e conseguir resultados mais satisfatórios..

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: C#
3º lugar: PHP
4º lugar: Delphi
5º lugar: Python
6º lugar: JavaScript
7º lugar: C
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: JSP (Java Server Pages)



© 2021 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados | Versión en Español | Versão em Português