Você está aqui: C# ::: Windows Forms ::: WebBrowser

Como retornar ou definir o conteúdo HTML de um componente WebBrowser usando a propriedade DocumentText

Quantidade de visualizações: 7624 vezes
O conteúdo HTML de um controle WebBrowser pode ser obtido por meio da propriedade DocumentText. Veja:

private void button1_Click(object sender, EventArgs e){
  // vamos carregar um documento HTML
  webBrowser1.Navigate("http://www.arquivodecodigos.net");
}

private void button2_Click(object sender, EventArgs e){
  // vamos exibir o conteúdo HTML do controle WebBrowser
  if(webBrowser1.ReadyState != WebBrowserReadyState.Complete)
    MessageBox.Show("A página ainda não foi completamente carregada");
  else
    MessageBox.Show(webBrowser1.DocumentText);
}

Veja que temos dois botões. No evento Click do primeiro botão nós carregamos a página inicial do meu site Arquivo de Códigos. No evento Click do segundo botão nós verificamos se a página já foi carregada completamente. Caso este teste retorne verdadeiro nós exibimos todo o conteúdo HTML da página usando a propriedade DocumentText da classe WebBrowser.

Podemos também usar a propriedade DocumentText para definir o conteúdo HTML de um controle WebBrowser. Para isso podemos usar um código parecido com:

private void button6_Click(object sender, EventArgs e){
  string html = "<html>" +
    "<head>" +
    "<title>Esta é uma página web</title>" +
    "</head>" +
    "<body>" +
    "<h3>Veja esta página HTML</h3>" +
    "</body>" +
    "</html>";

  // vamos atribuir este conteúdo ao controle WebBrowser
  webBrowser1.DocumentText = html;
}

Há algumas coisas acontecendo por trás deste código e que merecem algumas observações:

a) Quando definimos o conteúdo HTML do controle WebBrowser por meio da propriedade DocumentText, este automaticamente navega para a URL about:blank antes de exibir o conteúdo que estamos definindo.

b) Os eventos Navigating, Navigated e DocumentCompleted são disparados quando definimos o conteúdo do WebBrowser por meio da propriedade DocumentText. Além disso, o valor da propriedade Url já não fará nenhum sentido, visto que o documento não possui URL.


C# ::: Windows Forms ::: Formulários e Janelas

C# Windows Forms - Como obter a quantidade de controles em um formulário usando a propriedade Controls.Count

Quantidade de visualizações: 6562 vezes
Em algumas situações nós precisamos saber quantos controles existem atualmente em um formulário Windows Forms. Isso pode ser feito com uma chamada à propriedade Count da classe ControlCollection. Um objeto da classe ControlCollection é retornado quando acessamos a propriedade Controls de um formulário (e presente também em outros controles que podem conter controles filhos).

Veja um trecho de código no qual obtemos a quantidade de controles em um formulário ao clicarmos em um botão:

private void button1_Click(object sender, EventArgs e){
  // vamos obter a quantidade de controles no formulário
  int quantControles = this.Controls.Count;

  // vamos exibir o resultado
  MessageBox.Show("O formulário contém " + quantControles + 
    " controles.");
}

Note que a coleção ControlCollection retorna apenas os controles visuais no formulário, ou seja, componentes tais como Timer, DirectoryEntry, etc, não são incluídos.


C# ::: Windows Forms ::: DataGridView

C# Windows Forms - Como obter a quantidade de colunas em um DataGridView

Quantidade de visualizações: 8133 vezes
A quantidade de colunas em um DataGridView pode ser obtida por meio da propriedade ColumnCount. Veja:

private void button2_Click(object sender, EventArgs e){
  // vamos adicionar três colunas no DataGridView
  dataGridView1.Columns.Add("cidade", "Cidade");
  dataGridView1.Columns.Add("estado", "Estado");
  dataGridView1.Columns.Add("populacao", "População");

  // vamos adicionar três linhas
  dataGridView1.Rows.Add("Goiânia", "GO", "3.453,39");
  dataGridView1.Rows.Add("Cuiabá", "MT", "1.876,12");
  dataGridView1.Rows.Add("Curitiba", "PR", "5.346,98");

  // vamos obter a quantidade de colunas no DataGridView
  int quant_colunas = dataGridView1.ColumnCount;

  // exibe o resultado
  MessageBox.Show("O DataGridView contém " + 
    quant_colunas + " colunas");
}

É possível também usar a propriedade ColumnCount para definir a quantidade de colunas em um DataGridView:

dataGridView1.ColumnCount = 6;

Há algumas considerações importantes sobre a propriedade ColumnCount:

1) Se seu valor for definido como 0, todas as colunas do DataGridView serão removidas;
2) Se o novo valor for menor que o valor atual, as colunas excedentes serão removidas no final da coleção Columns;
3) Se o novo valor for maior que o valor atual, as novas colunas serão adicionadas no final da coleção Columns;
4) Se tentarmos alterar o valor desta propriedade após a definição da propriedade DataSource, uma exceção InvalidOperationException será lançada.


C# ::: Dicas & Truques ::: Tipos de Dados

Curso de C# - Como usar os tipos de dados short e ushort da linguagem C#

Quantidade de visualizações: 7238 vezes
O tipo de dados short é um tipo primitivo integral com sinal (signed) que pode armazenar valores inteiros na faixa de -32.768 até 32.767. Este tipo ocupa 16 bits (2 bytes) de memória e é um apelido para o tipo System.Int16 da plataforma .NET.

Podemos obter os valores mínimo e máximo que podem ser armazenados em um short por meio de suas propriedades MinValue e MaxValue. Veja:

static void Main(string[] args){
  // vamos obter o valor mínimo de um short
  short minimo = short.MinValue;

  // vamos obter o valor máximo de um short
  short maximo = short.MaxValue;
  
  // vamos mostrar o resultado
  Console.WriteLine("A faixa de valores de um short é: " + minimo +
    " até " + maximo);

  // vamos pausar a execução
  Console.ReadKey();
}

Ao executarmos este código teremos o seguinte resultado:

A faixa de valores de um short é: -32768 até 32767.

Ao atribuir valores para um short em tempo de design, ou seja, como um literal, devemos ter o cuidado de não atribuir valores que estejam fora da faixa permitida. Veja:

static void Main(string[] args){
  // a linha abaixo não vai compilar
  short valor = 35767;

  // vamos pausar a execução
  Console.ReadKey();
}

Este código não compila. A mensagem de erro:

Constant value '35767' cannot be converted to a 'short'

nos informa que o valor 35767 (que está acima da faixa permitida) não pode ser convertido para um short. Assim, se você desejar mesmo efetuar tal procedimento, uma conversão forçada (cast) deve ser feita:

static void Main(string[] args){
  int valor = 35767;

  // vamos forçar a conversão para short
  short valor2 = (short)valor;
 
  // vamos mostrar o resultado
  Console.WriteLine("Valor após o cast: " + valor2);

  // vamos pausar a execução
  Console.ReadKey();
}

Aqui nós "esprememos" o valor 35767 para um short e o resultado, -29769, definitivamente não é o que estávamos esperando.

O tipo ushort é um tipo primitivo integral sem sinal (unsigned) que pode armazenar valores inteiros na faixa de 0 até 65.535. Este tipo ocupa 16 bits (2 bytes) de memória e é um apelido para o tipo System.UInt16 da plataforma .NET.

Podemos obter os valores mínimo e máximo que podem ser armazenados em um ushort por meio de suas propriedades MinValue e MaxValue. Veja:

static void Main(string[] args){
  // vamos obter o valor mínimo de um ushort
  ushort minimo = ushort.MinValue;

  // vamos obter o valor máximo de um ushort
  ushort maximo = ushort.MaxValue;
  
  // vamos mostrar o resultado
  Console.WriteLine("A faixa de valores de um ushort é: " + minimo +
    " até " + maximo);

  // vamos pausar a execução
  Console.ReadKey();
}

Ao executarmos este código teremos o seguinte resultado:

A faixa de valores de um ushort é: 0 até 65535.


C# ::: Dicas & Truques ::: Arrays e Matrix (Vetores e Matrizes)

Como zerar todos os valores dos elementos de um array de inteiros em C# usando o método Clear() da classe Array

Quantidade de visualizações: 8790 vezes
Nesta dica mostrarei como é possível usar o método estático Clear() da classe Array da linguagem C# para zerarmos todos os valores de um vetor de inteiros. Note que este método altera o array original.

Veja o exemplo C# completo:

using System;

namespace Estudos {
  class Program {
    static void Main(string[] args) {
      // cria e inicializa um array de inteiros
      int[] valores = {4, 69, 1, 0, 17, 23, 14};

      Console.WriteLine("Com valores originais:");

      // percorre todos os elementos originais
      for (int i = 0; i < valores.Length; i++) {
        Console.WriteLine(valores[i]);
      }

      // zera todos os elementos do array
      Array.Clear(valores, 0, valores.Length);

       Console.WriteLine("Valores zerados:");
      for (int i = 0; i < valores.Length; i++) {
        Console.WriteLine(valores[i]);
      }

      Console.WriteLine("\n\nPressione qualquer tecla para sair...");
      // pausa o programa
      Console.ReadKey();
    }
  }
}

Ao executar este código C# nós teremos o seguinte resultado:

Com valores originais:
4
69
1
0
17
23
14

Valores zerados:
0
0
0
0
0
0
0


C# ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como transformar em letras maiúsculas as iniciais de cada palavra em uma string C# usando o método ToTitleCase() da classe TextInfo

Quantidade de visualizações: 11274 vezes
O método ToTitleCase() da classe TextInfo da linguagem C# nos permite converter para letras maiúsculas as inicias de cada uma das palavras que compoem uma frase ou texto. Esta técnica é muito útil quando estamos trabalhando com o processamento de strings em C#.

Veja um exemplo completo do uso dessa função:

using System;
using System.Globalization;

namespace Estudos {
  class Program {
    static void Main(string[] args) {
      string frase = "gosto de java e c#";
      Console.WriteLine("Frase original: " + frase);

      // vamos converter cada letra inicial para maiúsculas
      frase = CultureInfo.CurrentCulture.TextInfo.ToTitleCase(frase);

      Console.WriteLine("Depois do método ToTitleCase(): " + frase);

      Console.WriteLine("\n\nPressione qualquer tecla para sair...");
      // pausa o programa
      Console.ReadKey();
    }
  }
}

Ao executar este código C# nós teremos o seguinte resultado:

Frase original: gosto de java e c#
Depois do método ToTitleCase(): Gosto De Java E C#


Veja mais Dicas e truques de C#

Dicas e truques de outras linguagens

Quem Somos

Osmar J. Silva
WhatsApp +55 (062) 98553-6711

Goiânia-GO
Full Stack Developer, Professional Java Developer, PHP, C/C++, Python Programmer, wxWidgets Professional C++ Programmer, Freelance Programmer. Formado em Ciência da Computação pela UNIP (Universidade Paulista Campus Goiânia) e cursando Engenharia Elétrica pela PUC-Goiás. Possuo conhecimentos avançados de Java, Python, JavaScript, C, C++, PHP, C#, VB.NET, Delphi, Android, Perl, e várias tecnologias que envolvem o desenvolvimento web, desktop, front-end e back-end. Atuo há mais de 15 anos como programador freelancer, atendendo clientes no Brasil, Portugal, Argentina e vários outros paises.
Entre em contato comigo para, juntos, vermos em que posso contribuir para resolver ou agilizar o desenvolvimento de seus códigos.
José de Angelis
WhatsApp +55 (062) 98243-1195

Goiânia-GO
Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Delta, Pós graduado em Engenharia de Software (PUC MINAS), Pós graduado Marketing Digital (IGTI) com ênfase em Growth Hacking. Mais de 15 anos de experiência em programação Web. Marketing Digital focado em desempenho, desenvolvimento de estratégia competitiva, analise de concorrência, SEO, webvitals, e Adwords, Métricas de retorno. Especialista Google Certificado desde 2011 Possui domínio nas linguagens PHP, C#, JavaScript, MySQL e frameworks Laravel, jQuery, flutter. Atualmente aluno de mestrado em Ciência da Computação (UFG)
Não basta ter um site. É necessário ter um site que é localizado e converte usuários em clientes. Se sua página não faz isso, Fale comigo e vamos fazer uma analise e conseguir resultados mais satisfatórios..

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: C#
3º lugar: PHP
4º lugar: Delphi
5º lugar: Python
6º lugar: JavaScript
7º lugar: C
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: JSP (Java Server Pages)



© 2021 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados | Versión en Español | Versão em Português