Você está aqui: C# ::: Dicas & Truques ::: Matemática e Estatística

Como retornar apenas a parte fracionária de um valor de ponto-flutuante

Quantidade de visualizações: 8090 vezes
Em algumas situações precisamos obter apenas a parte fracionária de um valor de ponto-flutuante. Esta dica mostra como isso pode ser feito:

static void Main(string[] args){
  double valor = 34.29;

  // vamos obter apenas a parte fracionária
  // primeiro obtemos a parte inteira
  double temp = Math.Truncate(valor);
  // em seguida subtraimos a parte inteira do valor original
  double res = valor - temp;

  Console.WriteLine("Resultado: " + res);

  Console.WriteLine("\nPressione qualquer tecla para sair...");
  // pausa o programa
  Console.ReadKey();
}



C# ::: Dicas & Truques ::: Validação de Dados

C# Windows Forms - Como validar o conteúdo de uma caixa de texto usando o evento Validating da classe Control

Quantidade de visualizações: 14165 vezes
O evento Validating (disponível para todas as classes que herdam de System.Windows.Forms.Control) é muito útil quando precisamos verificar a validade dos valores inseridos nos controle Windows Forms. Neste exemplo mostrarei como usá-lo para validar o conteúdo de um TextBox. Aqui veremos como verificar se o conteúdo inserido é um valor inteiro válido.

Tudo começa com a propriedade CausesValidation da classe Control. Esta propriedade nos permite definir se o controle provocará uma validação de seus dados quando o mesmo estiver prestes a perder o foco, ou seja, o usuário começara a interagir com outro controle após inserir dados no controle alvo da validação. Se o valor desta propriedade for true a validação ocorrerá.

Em seguida voltamos nossa atenção para o evento Validating (também declarado originalmente na classe Control). Este evento é disparado quando a propriedade CausesValidation é true e o controle está prestes a perder o foco (o usuário está saindo para interagir com outro controle). Veja a ordem dos eventos quando estamos saindo do controle usando o teclado:

a) Leave
b) Validating
c) Validated
d) LostFocus

Se estivermos saindo do controle usando o mouse (clicando em outro controle), a ordem é:

a) Leave
b) Validating
c) Validated

Veja um exemplo do uso do evento Validating de um TextBox:

private void textBox1_Validating(object sender, CancelEventArgs e){
  MessageBox.Show("Meu conteúdo pode ser validado agora");
}

Experimente executar este código, coloque o foco na caixa de texto e depois "saia" para outro componente. Você verá a caixa de mensagem ser exibida.

O tratador de evento Validating recebe um objeto da classe CancelEventArgs. Esta classe possui apenas uma propriedade chamada Cancel. Se o valor desta propriedade for definido como true, o evento Validating (e todos que viriam após ele) é cancelado. Isso faz com que o foco fique preso no controle até que o usuário informe o valor correto. Veja:

private void textBox1_Validating(object sender, CancelEventArgs e){
  // vamos verificar se a caixa de texto contém um valor inteiro válido
  try{
    // vamos tentar converter o texto recebido em um valor inteiro
    int valor = Int32.Parse(textBox1.Text);
    MessageBox.Show("Validação ocorreu com sucesso!");
  }
  catch(FormatException fe){
    // não conseguimos converter o texto em um valor inteiro
    MessageBox.Show("Valor inválido! Tente novamente! " +
      fe.Message.ToString());
    // limpamos a caixa de texto
    textBox1.Text = "";
    // e "prendemos" o foco na caixa de texto
    e.Cancel = true;
  }
}

Neste trecho de código nós usamos um bloco try...catch para tentar converter o texto do TextBox em um valor inteiro. Se houver falha na conversão nós avisamos o usuário, limpamos a caixa de texto e forçamos o usuário a fazer a correção.

Para finalizar, entra em cena o evento Validated. Este evento é disparado imediatamente após o evento Validating finalizar sua parte e é um bom lugar para avisarmos o usuário sobre o sucesso da validação ou remover quaisquer efeito visual que tenhamos inserido durante o processo de validação. Veja:

private void textBox1_Validating(object sender, CancelEventArgs e){
  // vamos verificar se a caixa de texto contém um valor inteiro válido
  try{
    // vamos tentar converter o texto recebido em um valor inteiro
    int valor = Int32.Parse(textBox1.Text);
  }
  catch(FormatException fe){
    // não conseguimos converter o texto em um valor inteiro
    MessageBox.Show("Valor inválido! Tente novamente! " +
      fe.Message.ToString());
    // limpamos a caixa de texto
    textBox1.Text = "";
    // e "prendemos" o foco na caixa de texto
    e.Cancel = true;
  }
}

private void textBox1_Validated(object sender, EventArgs e){
  MessageBox.Show("Validação ocorreu com sucesso!");
}

Veja que tudo que fizemos aqui foi remover a mensagem de sucesso de validação do evento Validating para o evento Validated.


C# ::: Namespace System.Drawing ::: Graphics

Computação gráfica C# Windows Forms - Como desenhar em C# - A classe Graphics

Quantidade de visualizações: 5473 vezes
Qualquer um que queira iniciar os estudos e desenhos de gráficos em C# usando Windows Forms deve obrigatoriamente entender um pouco de GDI e GDI+. GDI é o acrônimo de Graphics Device Interface e GDI+ é o seu sucessor em versões mais recentes do Microsoft Windows. Com a indepedência do GDI+ podemos desenhar em um formulário, na tela ou impressora sem qualquer modificação no código. O próprio GDI+ se encarrega dos detalhes da implementação de cada um destes diferentes dispositivos.

O GDI+ é uma interface de programação de aplicações (API) que forma o sub-sistema do sistema operacional Microsoft Windows XP. Esta API é a responsável pela exibição de informações na tela e impressoras. O GDI+ é uma DLL Win32 chamada de gdiplus.dll que é distribuída com o Windows XP e versões mais recentes do Windows. Esta DLL está também disponível para uso em versões do Windows anteriores ao XP.

A plataforma .NET encapsula as funcionalidades do GDI+ nos seguintes namespaces: System.Drawing, System.Drawing.Drawing2D, System.Drawing.Imaging, System.Drawing.Text e System.Drawing.Printing.

Antes de iniciar seus desenhos em C# e Windows Forms, é importante entender o sistema de coordenadas do GDI+. Este sistema usa a medida de pixels ("picture elements"), que é a menor unidade de resolução no display de um monitor. Assim, o canto superior esquerdo de um controle GUI (um formulário, um painel, botão, etc) tem as coordenadas (0, 0), ou seja, x = 0 e y = 0. Lembre-se de que x é o eixo horizontal e y é o eixo vertical.

A classe Graphics, do pacote System.Drawing, é quem fornece boa parte dos métodos que usamos para desenhar em C# e Windows Forms. Veja sua posição na hierarquia de classes da plataforma .NET:

System.Object 
  System.MarshalByRefObject 
    System.Drawing.Graphics
Um objeto desta classe pode ser obtido com uma chamada ao método CreateGraphics() a partir de um objeto que herda de System.Windows.Forms.Control ou gerenciando o evento Paint do controle e acessando a propriedade Graphics da classe System.Windows.Forms.PaintEventArgs.

Veja um trecho de código no qual desenhamos uma linha horizontal no formulário a partir do clique de um botão:

private void button1_Click(object sender, EventArgs e){
  // vamos obter o Graphics do formulário
  Graphics g = this.CreateGraphics();

  // vamos desenhar uma linha horizontal de 300 pixels na
  // cor preta e espessura de 1 pixel
  g.DrawLine(new Pen(Color.Black, 1), new Point(20, 80), 
    new Point(320, 80));

  // vamos liberar o objeto Graphics
  g.Dispose();
}



C# ::: Dicas & Truques ::: Arquivos e Diretórios

Apostila C# para iniciantes - Como listar todos os arquivos de um diretório usando C#

Quantidade de visualizações: 27477 vezes
Nesta dica eu mostro como é possível usar o método GetFiles() da classe Directory para listar todos os arquivos de um determinado diretório. Note como usei o caractere "*" para informar o padrão de arquivos a serem exibidos.

Veja o código completo:

using System;
using System.IO;

namespace Estudos{
  class Program{
    static void Main(string[] args) {
      string diretorio = @"C:\estudos_dart";
      string padrao = "*";

      if (args.Length > 0) {
        diretorio = args[0];
      }
      if (args.Length > 1) {
        padrao = args[1];
      }

      string[] arquivos = Directory.GetFiles(diretorio,
        padrao);

      foreach (string arquivo in arquivos) {
        Console.WriteLine(arquivo);
      }
    }
  }
}

Ao executar este código nós teremos uma saída parecida com:

C:\estudos_dart\condicional_if_else.dart
C:\estudos_dart\DICA.txt
C:\estudos_dart\laco_do_while.dart
C:\estudos_dart\laco_for.dart
C:\estudos_dart\laco_while.dart
C:\estudos_dart\primeira.dart


C# ::: Coleções (Collections) ::: ArrayList

Como passar uma ArrayList para um método C#

Quantidade de visualizações: 7924 vezes
Em algumas situações nós precisamos fornecer uma ArrayList para um método C# e manipulá-la a partir deste método. Nesta dica eu mostro como isso pode ser feito.

Veja que, dentro do método Main da aplicação nós criamos um novo objeto da classe ArrayList e inserimos 5 números inteiros nela. Em seguida nós efetuamos uma chamada ao método exibirArrayList() passando a lista como referência, ou seja, qualquer alteração que fizermos na ArrayList dentro do método afetará também o objeto criado fora do método.

Veja o código completo para o exemplo:

using System;
using System.Collections;

namespace Estudos {
  class Program {
    static void Main(string[] args) {
      // Cria o ArrayList
      ArrayList lista = new ArrayList();

      // Adiciona 5 inteiros
      lista.Add(30);
      lista.Add(2);
      lista.Add(98);
      lista.Add(1);
      lista.Add(7);

      // passa o ArrayList para um método que exibirá
      // seus valores
      exibirArrayList(lista);

      Console.WriteLine("\n\nPressione qualquer tecla para sair...");
      // pausa o programa
      Console.ReadKey();
    }

    // método que receberá e exibirá o conteúdo do ArrayList
    static void exibirArrayList(ArrayList mLista) {
      foreach (int valor in mLista) {
        Console.Write("{0} ", valor);
      }
    }
  }
}

Ao executar este código C# nós teremos o seguinte resultado:

30 2 98 1 7


C# ::: Dicas & Truques ::: Data e Hora

Datas e horas em C# - Como obter a data atual no formato curto usando C#

Quantidade de visualizações: 9052 vezes
Nesta dica mostrarei como obter a data atual usando a propriedade Now da classe DateTime e exibí-la no formato curto, ou seja, DD/MM/AAAA.

Veja o código C# completo para o exemplo:

using System;

namespace Estudos{
  class Program{
    static void Main(string[] args) {
      // data atual no formato curto
      DateTime hoje = DateTime.Now;

      System.Console.WriteLine("A data hoje é: {0:d}", hoje);

      Console.WriteLine("\n\nPressione uma tecla para sair...");
      Console.ReadKey();
    }
  }
}

Ao executar este código nós teremos o seguinte resultado:

A data hoje é: 23/03/2021


Veja mais Dicas e truques de C#

Dicas e truques de outras linguagens

Quem Somos

Osmar J. Silva
WhatsApp +55 (062) 98553-6711

Goiânia-GO
Full Stack Developer, Professional Java Developer, PHP, C/C++, Python Programmer, wxWidgets Professional C++ Programmer, Freelance Programmer. Formado em Ciência da Computação pela UNIP (Universidade Paulista Campus Goiânia) e cursando Engenharia Elétrica pela PUC-Goiás. Possuo conhecimentos avançados de Java, Python, JavaScript, C, C++, PHP, C#, VB.NET, Delphi, Android, Perl, e várias tecnologias que envolvem o desenvolvimento web, desktop, front-end e back-end. Atuo há mais de 15 anos como programador freelancer, atendendo clientes no Brasil, Portugal, Argentina e vários outros paises.
Entre em contato comigo para, juntos, vermos em que posso contribuir para resolver ou agilizar o desenvolvimento de seus códigos.
José de Angelis
WhatsApp +55 (062) 98243-1195

Goiânia-GO
Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Delta, Pós graduado em Engenharia de Software (PUC MINAS), Pós graduado Marketing Digital (IGTI) com ênfase em Growth Hacking. Mais de 15 anos de experiência em programação Web. Marketing Digital focado em desempenho, desenvolvimento de estratégia competitiva, analise de concorrência, SEO, webvitals, e Adwords, Métricas de retorno. Especialista Google Certificado desde 2011 Possui domínio nas linguagens PHP, C#, JavaScript, MySQL e frameworks Laravel, jQuery, flutter. Atualmente aluno de mestrado em Ciência da Computação (UFG)
Não basta ter um site. É necessário ter um site que é localizado e converte usuários em clientes. Se sua página não faz isso, Fale comigo e vamos fazer uma analise e conseguir resultados mais satisfatórios..

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: C#
3º lugar: PHP
4º lugar: Delphi
5º lugar: Python
6º lugar: JavaScript
7º lugar: C
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: JSP (Java Server Pages)



© 2021 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados | Versión en Español | Versão em Português