Você está aqui: PHP ::: Fundamentos da Linguagem ::: Tipos de Dados

PHP do básico ao profissional - Como usar o tipo de dados integer do PHP

Quantidade de visualizações: 7590 vezes
Integers (inteiros) são números inteiros, tais como 1, 12, 50, etc. A faixa de valores aceitáveis varia de acordo com os detalhes da plataforma na qual o PHP está sendo executado. Mas, geralmente, a faixa vai de -2.147.483.648 até +2.147.483.647. Especificamente, esta faixa é equivalente à faixa do tipo de dados long de seu compilador C. Infelizmente, o C padrão não define qual faixa o tipo long deve ter. Assim, em alguns sistemas poderemos ter uma faixa de inteiros diferente do afirmado acima.

Literais integer podem ser escritos em decimal, octal ou hexadecimal. Valores decimais são representados por uma sequencia de dígitos não precedidos de zeros. A sequencia pode começar com um sinal de positivo (+) ou negativo (-). Se não houver sinal, assume-se que o valor é positivo. Exemplos de inteiros decimal incluem:

1998
-641
+33

Números octais consistem de um 0 (zero) e uma sequencia de dígitos de 0 à 7. Assim como os números decimais, números octais podem ser prefixados com um sinal de positivo ou negativo. Veja alguns exemplos de números octais e seus equivalentes decimais:

0755   // decimal 493
+010   // decimal 8

Valores hexadecimais começam com 0x, seguido por uma sequencia de dígitos (0-9) ou letras (A-F). As letras podem estar em maiúsculas ou minúsculas mas geralmente são escritas em maiúsculas. Números hexadecimais também podem incluir um sinal de positivo ou negativo. Veja alguns exemplos:

0xFF     // decimal 255
0x10     // decimal 16
-0xDAD1  // decimal -56017

Se tentarmos armazenar um número inteiro que é grande demais para ser armazenado como inteiro, ou que não seja um número inteiro, ele será automaticamente convertido em um número de ponto-flutuante (contendo casas decimais).

Podemos testar se uma variável é do tipo integer usando as funções is_int() ou is_integer(). Veja:

<?
  $valor = 10;

  if(is_int($valor)){
    echo 'A variável $valor é do tipo integer';
  }
?>



PHP ::: Dicas & Truques ::: Gráficos e Cores

Como obter o tipo de uma imagem usando a função getimagesize() do PHP

Quantidade de visualizações: 8855 vezes
Muitas vezes precisamos saber o tipo de uma imagem antes de processá-la. Nestes casos podemos usar a função getimagesize() da linguagem PHP e obter o tipo da imagem no terceiro valor retornado. Este valor é um número inteiro correspondente a algumas das constantes IMAGETYPE_GIF, IMAGETYPE_JPEG, IMAGETYPE_PNG, etc. Veja um exemplo:

<?php
  // nome e local da imagem
  $imagem = "/home/xxxx/xxxx/public_html/imagem.jpg";
  
  // vamos obter o tipo da imagem...ele estará no terceiro 
  // elemento da lista
  list($largura, $altura, $tipo) = getimagesize($imagem);
  
  // testamos o tipo de imagem
  if($tipo == IMAGETYPE_JPEG)
    echo "O tipo da imagem é JPG ou JPEG";
  else if($tipo == IMAGETYPE_GIF)
    echo "O tipo da imagem é GIF";
  else if($tipo == IMAGETYPE_PNG)
    echo "O tipo da imagem é PNG"; 
  else
    echo "O tipo da imagem não está entre os tipos testados";
?>

Ao executar este código você terá um resultado parecido com:

O tipo da imagem é JPG ou JPEG



PHP ::: Dicas & Truques ::: Variáveis e Constantes

PHP para iniciantes - Como testar se uma variável é do tipo string usando a função is_string() do PHP

Quantidade de visualizações: 8791 vezes
Em algumas situações podemos querer saber se o tipo de uma variável é string, ou seja, contém uma palavra, frase ou trecho de texto.

Este teste pode ser feito com o auxílio da função is_string(). Esta função retorna um valor true ou false dependendendo do tipo de variável sendo testada.

Veja o código PHP para este exemplo:

<html>
<head>
<title>Estudando PHP</title>
</head>
<body>
 
<?php
  $nome = 'Osmar J. Silva';  
   
  if(is_string($nome)){
    echo 'A variável $nome é do tipo string';
  }
  else{
    echo 'A variável $nome não é do tipo string';
  }
?>
 
</body>
</html>

Ao executar este código nós teremos o seguinte resultado:

A variável $nome é do tipo string


PHP ::: Dicas & Truques ::: Programação Orientada a Objetos

Programação Orientada a Objetos em PHP - Como passar um objeto de uma classe para uma função PHP

Quantidade de visualizações: 7041 vezes
Em algumas situações precisamos fornecer um objeto de uma classe para um método de outra classe ou mesmo uma simples função PHP. Nesta dica eu mostro como isso pode ser feito. Note que, ao receber o objeto da classe no método ou função, todas as alterações feitas no objeto serão refletidas no objeto original, ou seja, objetos de classe são automaticamente passados por referência em PHP. Eis o código:

<?php
  // classe Cliente com duas variáveis privadas e seus
  // correspondentes métodos mutatórios e acessórios
  class Cliente{
    private $nome;
    private $email;

    public function setNome($nome){
      $this->nome = $nome;
    }

    public function getNome(){
      return $this->nome;
    }

    public function setEmail($email){
      $this->email = $email;
    }

    public function getEmail(){
      return $this->email;
    }
  }

  // vamos criar um novo objeto da classe Cliente
  $c = new Cliente;
  $c->setNome("Osmar J. Silva");
  $c->setEmail("osmar@arquivodecodigos.com.br");

  // vamos agora passar este objeto para uma função PHP
  imprimirCliente($c);

  // e aqui está a função que recebe o objeto da classe Cliente
  // e exibe o valor de suas variáveis
  function imprimirCliente($cliente){
    echo "Nome: " . $cliente->getNome() . "<br>
      E-Mail: " . $cliente->getEmail(); 
  }
?>

Ao executar este código teremos o seguinte resultado:

Nome: Osmar J. Silva
E-Mail: osmar@arquivodecodigos.com.br


PHP ::: Dicas & Truques ::: Formulários

Como obter o valor do item selecionado em um element HTML select (menu de lista) de seleção única usando PHP

Quantidade de visualizações: 18240 vezes
Os controles do tipo combobox ou select da linguagem HTML são úteis quando queremos fornecer uma lista de itens a partir da qual o usuário poderá selecionar apenas um ítem (ou vários itens, no caso de uma lista de seleção múltipla.

Nesta dica mostrarei como usar PHP para obter o item que o usuário selecionou. Veja o código completo abaixo.

Vamos começar com a página HTML que contém o elemento <select>:

<form name="cadastro" method="post" action="testes.php">
  <b>Escolha sua linguagem favorita:</b><br>
  <select name="linguagem">
    <option value="Java" selected>Java</option>
    <option value="C++">C++</option>
    <option value="Python">Python</option>
    <option value="Delphi">Delphi</option>
  </select>
  <input type="submit" value="Enviar!">
</form>

Agora, para obter o valor do item selecionado podemos usar o seguinte código PHP:

<?
  // Obtém o valor selecionado
  $selecionada = $_POST["linguagem"];
   
  // Exibe o resultado
  echo "Sua linguagem favorita é: " . $selecionada;
?>

Quando você abrir a página HTML, selecionar um item e clicar o botão Enviar, você verá o seguinte resultado na página PHP:

Sua linguagem favorita é: Delphi

Esta dica foi revisada no PHP 8.


PHP ::: PHP + MySQL ::: MySQL Improved Extension (mysqli)

Listando todas as tabelas da base de dados selecionada - Como listar as tabelas de uma base de dados MySQL usando PHP - Revisado

Quantidade de visualizações: 9198 vezes
O comando DML SHOW TABLES do MySQL permite listar todas as tabelas de um determinado banco de dados. Nesta dica eu mostro como escrever um código PHP que dispara este comando e mostra o resultado. Note que estou usando a extensão mysqli, recomendada a partir do PHP 5.6.

Veja o código completo:

<?
  // vamos efetuar a conexão com o banco
  $con = new mysqli("localhost", "root",
    "osmar1234", "estudos");
 
  // conexão efetuada com sucesso?
  if($con->connect_errno){
    echo "Não foi possível efetuar a conexão: " . 
      $mysqli->connect_error;
    exit(); // vamos sair daqui 
  }   

  // lista todas as tabelas da base selecionada
  $query = mysqli_query($con, "SHOW TABLES");
  while($result = mysqli_fetch_array($query)){  
    echo $result[0] . "<br>";
  }
?>

Esta dica foi revisada, atualizada e testada no PHP 8.


Veja mais Dicas e truques de PHP

Dicas e truques de outras linguagens

Quem Somos

Osmar J. Silva
WhatsApp +55 (062) 98553-6711

Goiânia-GO
Full Stack Developer, Professional Java Developer, PHP, C/C++, Python Programmer, wxWidgets Professional C++ Programmer, Freelance Programmer. Formado em Ciência da Computação pela UNIP (Universidade Paulista Campus Goiânia) e cursando Engenharia Elétrica pela PUC-Goiás. Possuo conhecimentos avançados de Java, Python, JavaScript, C, C++, PHP, C#, VB.NET, Delphi, Android, Perl, e várias tecnologias que envolvem o desenvolvimento web, desktop, front-end e back-end. Atuo há mais de 15 anos como programador freelancer, atendendo clientes no Brasil, Portugal, Argentina e vários outros paises.
Entre em contato comigo para, juntos, vermos em que posso contribuir para resolver ou agilizar o desenvolvimento de seus códigos.
José de Angelis
WhatsApp +55 (062) 98243-1195

Goiânia-GO
Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Delta, Pós graduado em Engenharia de Software (PUC MINAS), Pós graduado Marketing Digital (IGTI) com ênfase em Growth Hacking. Mais de 15 anos de experiência em programação Web. Marketing Digital focado em desempenho, desenvolvimento de estratégia competitiva, analise de concorrência, SEO, webvitals, e Adwords, Métricas de retorno. Especialista Google Certificado desde 2011 Possui domínio nas linguagens PHP, C#, JavaScript, MySQL e frameworks Laravel, jQuery, flutter. Atualmente aluno de mestrado em Ciência da Computação (UFG)
Não basta ter um site. É necessário ter um site que é localizado e converte usuários em clientes. Se sua página não faz isso, Fale comigo e vamos fazer uma analise e conseguir resultados mais satisfatórios..

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: C#
3º lugar: PHP
4º lugar: Delphi
5º lugar: Python
6º lugar: JavaScript
7º lugar: C
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: JSP (Java Server Pages)



© 2021 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados | Versión en Español | Versão em Português