Você está aqui: Ruby ::: Dicas de Estudo e Anotações ::: Programação Orientada a Objetos

Como permitir a leitura de variáveis de instâncias sem a necessidade de métodos acessores

Quantidade de visualizações: 6073 vezes


Por padrão, variáveis de instância em Ruby podem ser acessadas usando métodos acessores, ou seja, uma variável de instância @nome deve ser lida usando um método obter_nome.

É possível dispensar o uso de métodos acessores empregando o método attr_reader nos nomes das variáveis que poderão ser acessadas. Veja um exemplo:
# Definição da classe Cliente
class Cliente
   attr_reader :nome, :idade
   
   def initialize(nome, idade)
      @nome = nome
      @idade = idade
   end
    
   def obter_nome
      @nome
   end
    
   def obter_idade
      @idade
   end
end

# Cria uma instância da classe Cliente e inicializa as
# variáveis de instância @nome e @idade
cliente = Cliente.new("Osmar J. Silva", 35)

# Acessa as variáveis de instância sem a necessidade de
# métodos acessórios
puts cliente.nome
puts cliente.idade
Sem o uso do método attr_reader, a linha:
puts cliente.nome
causaria o seguinte erro:
teste.rb:25: undefined method `nome' for 
#<Cliente:0x27f540c @nome="Osmar J. S
ilva", @idade=35> (NoMethodError)



Ruby ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como testar se uma string começa com uma determinada substring em Ruby usando uma função personalizada

Quantidade de visualizações: 6296 vezes
O Ruby, até a versão 1.8.6, não dispõe de um método para verificar se uma string começa com uma determinada substring. Assim, veja abaixo como escrever uma função starts_with(). Esta função recebe a string e a substring e retorna true se a string começar com a substring.

Eis a listagem completa:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.

Ao executar este código Ruby nós teremos o seguinte resultado:

A string começa com "Gosto"


Ruby ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como converter uma string em um valor de ponto-flutuante em Ruby usando a função to_f da classe String

Quantidade de visualizações: 5994 vezes
Em algumas situações precisamos transformar um valor contido em uma string em um valor numérico do tipo ponto-flutuante (float ou double). Em Ruby podemos fazer isso usando o método to_f da classe String.

Veja o exemplo:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.

Ao executar este código Ruby nós teremos o seguinte resultado:

33.5


Ruby ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como remover espaços no início e final de uma string usando as funões strip e strip! da linguagem Ruby

Quantidade de visualizações: 7811 vezes
As funções strip e strip! são úteis quando precisamos remover espaços no início e final de uma string. A função strip retorna uma nova string, enquanto strip! opera na string original. Veja o exemplo:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.

Ao executar este código Ruby nós teremos o seguinte resultado:

Tenho espaços no início e final.
Tenho espaços no início e final.


Ruby ::: Dicas & Truques ::: Data e Hora

Como usar a classe Date do Ruby em seus programas

Quantidade de visualizações: 6327 vezes
A classe Date da linguagem Ruby representa datas. Ela o faz trabalhando com anos, meses, semanas e dias. Tenha em mente que, ao usar a classe Date não temos acesso a nada relacionado a horas, minutos ou segundos.

Internamente, uma data é representada como um número: ajd (Astronomical Julian Day Number). O dia da reforma do calendário (Day of Calendar Reform), sg, também é armazenado, para conversões para outros formatos de datas (há também um campo chamado "of" para a diferença de fuso horário, mas este é usado somente na subclasse DateTime).

Um novo objeto Date é criado usando-se um dos métodos de criação de objetos da classe. E tais métodos recebem nomes de acordo com o formato de data. Além disso, os argumentos fornecidos devem obedecer ao formato de data desejado, por exemplo, Date::civil() (apelido para Date::new()) com ano, mês e dia do ano, ou Date::ordinal() com ano e dia do ano. Todos estes métodos de criação de objetos da classe também aceitam o dia da reforma do calendário (Day of Calendar Reform) como um argumento opcional.

Objetos Date são imutáveis após sua criação.

Após criarmos um objeto Date, valores de data podem ser obtidos para os diferentes formatos de data suportados usando métodos de instância. Por exemplo, mon() retorna o mês civil, cwday() retorna o dia comercial da semana, e yday() retorna o dia ordinal do ano. Valores Date podem ser obtidos em qualquer formato, independente de qual formato foi usado para criar a instância do objeto.

A classe Date inclui o módulo Comparable, o que permite que objetos Date possam ser comparados e ordenados, faixas de datas possam ser criadas e assim por diante.

Veja no trecho de código abaixo como podemos criar um objeto Date representando a data atual:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.



Ruby ::: Dicas & Truques ::: Strings e Caracteres

Como acessar os caracteres individuais de uma string em Ruby usando o método slice() da classe String

Quantidade de visualizações: 6299 vezes
O método slice() da classe String da linguagem Ruby se torna realmente útil quando precisamos acessar os caracteres individuais de uma string. Neste caso, só precisamos fornecer o índice do caractere a ser acessado e o número 1. O retorno do método é uma nova string ou nulo.

Veja o exemplo a seguir:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.

Ao executar este código Ruby nós teremos o seguinte resultado:

Super Pack 10.000 Dicas e Truques de Programação e 500 Exercícios Resolvidos de Programação Este trecho de código ou resolução de exercício está disponível somente para apoiadores

Mas se você não puder nos apoiar agora, role a página e encontrará muito conteúdo gratuíto.



Veja mais Dicas e truques de Ruby

Dicas e truques de outras linguagens

Quem Somos

Osmar J. Silva
Programador Freelancer
WhatsApp +55 (062) 98553-6711

Goiânia-GO
Programador Freelancer - Full Stack Developer, Professional Java Developer, PHP, C/C++, Python Programmer, wxWidgets Professional C++ Programmer, Freelance Programmer. Formado em Ciência da Computação pela UNIP (Universidade Paulista Campus Goiânia) e cursando Engenharia Elétrica pela PUC-Goiás. Possuo conhecimentos avançados de Java, Python, JavaScript, C, C++, PHP, C#, VB.NET, Delphi, Android, Perl, e várias tecnologias que envolvem o desenvolvimento web, desktop, front-end e back-end. Atuo há mais de 15 anos como programador freelancer, atendendo clientes no Brasil, Portugal, Argentina e vários outros paises.
Entre em contato comigo para, juntos, vermos em que posso contribuir para resolver ou agilizar o desenvolvimento de seus códigos.
José de Angelis
Programador Freelancer
WhatsApp +55 (062) 98243-1195

Goiânia-GO
Programador Freelancer - Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Delta, Pós graduado em Engenharia de Software (PUC MINAS), Pós graduado Marketing Digital (IGTI) com ênfase em Growth Hacking. Mais de 15 anos de experiência em programação Web. Marketing Digital focado em desempenho, desenvolvimento de estratégia competitiva, analise de concorrência, SEO, webvitals, e Adwords, Métricas de retorno. Especialista Google Certificado desde 2011 Possui domínio nas linguagens PHP, C#, JavaScript, MySQL e frameworks Laravel, jQuery, flutter. Atualmente aluno de mestrado em Ciência da Computação (UFG)
Não basta ter um site. É necessário ter um site que é localizado e converte usuários em clientes. Se sua página não faz isso, Fale comigo e vamos fazer uma analise e conseguir resultados mais satisfatórios..

Linguagens Mais Populares

1º lugar: Java
2º lugar: C#
3º lugar: Delphi
4º lugar: PHP
5º lugar: Python
6º lugar: JavaScript
7º lugar: C
8º lugar: C++
9º lugar: VB.NET
10º lugar: JSP (Java Server Pages)



© 2021 Arquivo de Códigos - Todos os direitos reservados | Versión en Español | Versão em Português